quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Uma grande surpresa

Há anos vejo coisas estranhas e atitudes que me surpreendem. Há anos vejo o basquete afundar em divergências, monopólios e egos exacerbados. Mas hoje, vendo a Alemanha ser derrotada pela Espanha vi algo no site da Federação Gaúcha de Basketball (http://www.basquetegaucho.com.br/no026.htm) que me deixou surpreso e muito feliz. Sim, tenho muitas divergências com a política realizada pela FGB e hoje trabalho, voluntariamente, como dá e quando é possível, para uma entidade nova, oxigenada, que surgiu no início do ano no basquete gaúcho. Nessa entidade, que não é a FGB, começamos um processo de valorização das equipes, dos jovens e da integração dos atletas durante os eventos em prol do desenvolvimento do basquete.
O surgimento dessa entidade ocorreu pela forma de tratamento utilizada pela entidade máxima do basquete gaúcho a alguns filiados. Algumas equipes estavam descontentes com a relação e deixaram a FGB, mas precisavam ter jogos para seus atletas. Fizemos isso e estamos ampliando o trabalho no segundo semestre.