Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Nada que não possa piorar

Com o Bulls chegando ou não aos Playoffs, essa temporada tem sido decepcionante na Cidade dos Ventos, e para piorar, a equipe está aberta para negociar a estrela da franquia, Jimmy Butler, de acordo com Chris Mannix do The Vertical.    O Boston Celtics, que teria indagado sobre a disponibilidade de Butler antes do período de comércio no mês passado, e o Orlando Magic também se mostra interessado, segundo Mannix o Bulls está disposto a ouvir propostas. Além disso, o Bulls estará em uma encruzilhada ao final da temporada, a equipe ainda é a mesma de Tom Thibodeau, que operava em um sistema defensivo, completamente o oposto do novo treinador Fred Hoiberg, que atua com ações ofensivas de fluxo livre.  O que isso quer dizer? Para o desespero dos torcedores pode significar a saída de Joakim Noah e Pau Gasol, dois agentes livres irrestritos, tradicionais pivôs na casa dos 30 anos.     Pra ficar ainda pior, Butler e Hoiberg não se olham no olho, de acordo com vários relatos. Butler falou mal…

Chris Paul deve se despedir da Seleção Americana

CP3 pode estar encerrando sua carreira na Seleção Americana, disse a super estrela do Los Angeles Clipeers a Lee Jenkins, do Sports Illustrated, sobre seu nome para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.    “Sinto que meu corpo está me dizendo que está passando o tempo.” – disse o armador que completará 31 anos de idade em maio. Paul tem duas medalhas de ouro olímpicas com a seleção, em Pequim 2008 e Londres 2012, estando envolvido com a seleção americana desde o ensino médio.    “O que nós fizemos é muito pequeno comparado ao que as pessoas fazem para se proteger ou ter liberdade. Mas quando coloco a camiseta dos Estados Unidos, sempre me arrepio porque você percebe que faz parte de algo muito maior que você mesmo.”    A decisão de Paul coloca em questão a nova geração. Amigos próximos e outras estrelas de sua idade, como Lebron James, que não está confirmado para o Rio de Janeiro, e Carmelo Anthony que desejava abertamente que o time contasse com Paul e James juntos novamente para ma…

Heróis do passado: Anfernee Hardaway

Hoje nossa série relembra a carreira de um ídolo do Orlando Magic, um grande ala que fez sucesso na Universidade de Memphis antes de seguir carreira na NBA. O nome de hoje é Anfernee Penny Hardaway.    Hardaway cresceu jogando basquete em Memphis, na Sheffield High School, onde teve médias de 36.6 pontos, 10.1 rebotes, 6.2 assistências, 3.9 roubos de bola e 2.8 tocos por jogo em sua última temporada, sendo nomeado o Jogador de Ensino Médio do Ano da National Parade Magazine. Ele terminou sua carreira no ensino médio com 3039 pontos, indo jogar na Universidade do Estado de Memphis (que virou Universidade de Memphis em 1994).    Penny, seu apelido lhe foi dado por sua avó, ela o chamava de pretty, mas com o sotaque sulista parecia penny, daí a origem. Hardaway foi jogar na Universidade de Memphis, mas em sua primeira temporada nem entrou em quadra, ele era academicamente inelegível. Pra piorar em um assalto a mão armada, levou um tiro no pé que colocou em risco o seu futuro no basquete…

Mais uma derrota

O Chicago Bulls está lutando para conseguir entrar nos Playoffs, a equipe não fica de fora da pós-temporada desde a temporada 2007/08, mas esse ano as coisas estão difíceis. A derrota de ontem para o fraco New York Knicks, por 115 a 107 no United Center, piorou a situação.    A equipe de Fred Hoisberg perdia por 22 pontos, esboçando uma reação no quarto período antes de perder por oito pontos. O All-Star, Jimmy Butler foi o jogador do Bulls que teve um desempenho aquém, anotando 7 pontos, convertendo 3 dos 11 arremessos que tentou em 35 minutos. Por conta disso, após a partida Butler colocou a culpa da derrota sobre ele.    "Meus companheiros não vão dizer isso. Meus treinadores não vão dizer isso. Mas se eu continuar a jogar assim, esse equipe vai sofrer. Não há nada de errado comigo fisicamente. Agora é mentalmente. A bola não está caindo. Eu deixei isso me afetar dos dois lados." - disse Butler a K.C Johnson do Chicago Tribune.     Depois de perder 15 dos últimos 17 jogos…

Los Angeles: a terra do escândalo

O Los Angeles Lakers está investigando as alegações de assédio sexual dos jogadores Jordan Clarkson e Nicky Young, que supostamente assediaram duas mulheres em um cruzamento em Hollywood na noite de domingo. John Black, porta voz dos Lakers disse a Baxter Holmes da ESPN, disse que a franquia está levando o assunto muito a sério, mas recusou-se a comentar sobre o ocorrido.    Uma ativista de Los Angeles, Alexis Jones disse que na noite de domingo estava em seu carro perto do cruzamento das avenidas La Brea e Melrose, quando os homens em outro carro fizeram gestos sexuais e vulgares para ela e sua mãe de 68 anos. A moça tirou uma foto dos homens que realizaram o ato e postou no Instagram, dois dos envolvidos foram reconhecidos como sendo Clarkson e Young.    A jovem postou a foto com um texto onde dizia, que esperava que tornasse viral a foto, porque esse é o problema dos jovens. Que estava ferida, porque já dedicou sua vida a educar os jovens sobre o respeito, de forma geral, e que os …

TOP 10 temporadas de MVP na história

Ser MVP já é um grande feito, demonstra que é o melhor jogador da temporada, que superou os seus limites e outros companheiros jogando em altíssimo nível para poder obter essa honra. Imaginem então as 10 melhores temporadas de MVP'S, os caras literalmente fizeram chover, nevar, o que quiseram com a bola e com os adversários. Abaixo uma lista com as 10 melhores temporadas de MVP da história, até agora, sem contar essa maravilhosa temporada do Curry! 10° Lebron James: Na temporada de 2012/13  The King dominou a liga, ganhou seu primeiro título da NBA, foi o MVP das finais e venceu o duelo contra Kevin Durant para ser o MVP da temporada regular. Lebron teve médias de 27 pontos, 8 rebotes, 7.3 assistências e 1.7 roubos de bola por jogo.   9° Larry Bird: O melhor jogador branco que a NBA já viu jogar foi demais na temporada 1984/85. Apesar de não ter conseguido levar os Celtics ao título da NBA, essa temporada lhe rendeu o título de MVP, com uma partida de 60 pontos e médias expressiv…

O retorno de Phil Jackson?

A possível solução para os problemas do New York Knicks deve vir do escritório da equipe, o presidente da equipe Phil Jackson voltar a quadra.    O Zen Master poderia treinar a equipe nas partidas em casa, no Madison Square Garden, enquanto o treinador Kurt Rambis continuaria com a equipe na estrada de acordo com Ramona Shelburne da ESPN.  Essa proposta já tinha sido feita quando trabalhava nos Lakers, mas Jerry Buss não aceitou. Com seus problemas de saúde em ambos os joelhos e nas costas, única maneira que jackson havia previamente aceitado para voltar a trabalhar como técnico seria a redução de seu trabalho a metade. No entanto as coisas mudaram e sua saúde vem melhorando constantemente, Jackson já perdeu 9 dos 13 quilos que ganhou nos últimos dois anos com os Knicks.    Rambis foi trazido após a demissão de Derek Fisher e atualmente ocupa o status de interino, o plano é de que ele permaneça como parte da franquia para a próxima temporada. Sabendo que a temporada 2016/17 pode ser …

Heróis do passado: Shawn Kemp

Hoje contaremos a história de um dos maiores ídolos do Seatle SuperSonics, o ala/pivô Shawn Kemp um jogador de muita qualidade e que por muitas vezes teve problemas com a balança na sua carreira.    Kemp começou no basquete jogando por Concord High School, em Indiana, onde foi titular da equipe durante seus quatro anos. Em seu último ano era considerado entre os quatro ou cinco melhores jogadores do país, levando sua equipe a final estadual, além de ser o cestinha de todos os tempos da escola, e deter os recordes de pontos na carreira, em um único jogo e em uma única temporada. Apesar de tudo isso foi ignorado no prêmio de Mr. Basketball de Indiana, dizem que ele só perdeu o título pois havia acordado verbalmente com Kentucky e não seguiria no basquete universitário de seu estado natal.     Sua carreira universitária nem existiu, Kemp não passou na pontuação mínima e teve de perder seu primeiro ano de basquete universitário. No ano seguinte, novamente se inscreveu em Kentucky, mas de…

Lebron diz que jogaria na quatro para Joe Johnson ser titular em Cleveland

Lebron James havia informado ao GM de Cleveland e a Joe Johnson, que estava disposto a mudar-se para ala/pivô de forma permanente para acomodar o ala no elenco.    "Tudo que importa é ganhar. Isso é tudo que importa pra mim. Uma peça como Joe você sabe o que faz pela equipe, e se ele estava preocupado com o tempo de jogo ou se seria titular, então eu vou me sacrificar. Vou me sacrificar para ter um cara como ele para tentar nos ajudar a vencer um campeonato". - disse Lebron.    Joe Johnson assinou com o Miami Heat.  Lebron tem sido relutante em jogar como ala/pivô por tempo integral. Ele disse: "Escuta cara, eu vou fazer de tudo para vencer. Eu vou sequestrar minha mãe para ganhar".    Quando questionado se faria tal esforço no passado respondeu: "Eu não sei. Não sei. Eu não posso responder isso, mas sei que farei agora. Quero dizer, você está tentando fazer um esforço. Estamos em março. Começar com Joe Johnson, é ter um cara que pode mudar a sua equipe para me…

Heróis do passado: Chirs Mullin

Hoje nossa série relembra um grande astro do Golden State Warriors, um excelente jogador universitário de sucesso na NBA e membro do Dream Team de 1992, falaremos sobre Chris Mullin.    Nascido no Broklyn, Nova Iorque, ele estudava muito os jogos dos Knicks, embora admirasse Larry Bird e jogasse com o número 17 em homenagem a John Havlicek. Ele viaja para o Broxn e Harlem, bairros predominantemente de negros para enfrentar os melhores jogadores de lá, sendo assim trilhou seu caminho para ser uma lenda da Diocese de Broklyn. Começou a sua carreira no basquete jogando na Power Memorial Academy, depois sendo transferido para Xaverian High School.    Depois de ser eleito como o Mr. Basketball do Estado de Nova Iorque, ele foi recrutado por Lou Carnesecca (técnico Hall da Fama) para jogar em St. John's. Logo em seu primeiro ano estabeleceu um recorde de pontos para um calouro, com médias de 16.6 pontos por jogo. Nos três anos seguintes foi três vezes o Jogador do Ano da Conferência Bi…

Ty Lawson no Pacers

Na segunda-feira o Indiana Pacers anunciou que assinariam com Ty Lawson. Os termos do acordo não foram divulgados.    Em comunicado a imprensa o presidente de operações da franquia, Larry Bird disse: "Estamos contentes em ter Ty para jogar conosco até o final da temporada. Acreditamos que ele traga velocidade para a nossa defesa, ele pode atuar nos dois lados da quadra e vai ajudar a fortalecer a nossa segunda unidade".    Lawson disse: "Essa é uma boa oportunidade para mim aqui, tentar ajudar os Pacers a vencer e entrar nos playoffs. Eu estou pronto para jogar e fazer o que for necessário".    Depois de ser negociado para o Houston no verão passado, os Rockets chegaram a um buyout após uma desastrosa temporada de 53 partidas. Depois de ter médias de 15.2 pontos e 9.6 assistências em 2014/15, suas médias caíram para 5.8 pontos e 3.4 assistências, arremessando para seu pior percentual de aproveitamento da carreira.  Com Lawson em quadra o Houston diminuiu 9.9 pontos…

Corrida maluca

Vai começar a corrida maluca pelo agente livre mais cobiçado para a próxima temporada é Kevin Durant, o ala do Oklahoma City Thunder tem em suas mãos o poder de escolher para onde quiser ir, pois os rumores de muitas propostas já o cercam desde a temporada passada.    Com o aumento do teto salarial das franquias de 70 milhões para 92 milhões, uma grana legal entra para as equipes, um adendo a ser somado, aumento o valor das propostas. Conhecido por ser um cara mais discreto e que não procura tanto os holofotes, Durant reiterou que não está a procura de um tapete vermelho ou um desfile em seu nome. Disse: "Eu não sou realmente um cara que procura toda essa atenção, mas sei que os holofotes estão sobre mim, tanto agora quanto no futuro. Sabia que estava chegando, sabe? Eu não sabia como, mais sabia que iria chegar, mas isso é apenas uma parte. Eu apenas procuro ficar perto das pessoas que realmente só se preocupam comigo como homem, e como jogador de basquete, que me querem feliz…

Blake Griffin eternizado pela Universidade de Oklahoma

Na noite passada Oklahoma homenageou sua ex-estrela, Blake Griffin, aposentado o seu número em cerimônia no intervalo da partida entre os Sooners e Baylor.     Griffin foi nomeado AP Jogador do Ano na temporada 2008/09 após ter uma média de 22.7 pontos e 14.4 rebotes por jogo, liderando o país em rebotes e duplos-duplos. Os Sooners terminaram a temporada com 30 vitórias e 6 derrotas, chegando a Elite Eight.    "Eu não sabia o que eu ia sentir, o que esperar. Sempre que eu volto aqui, é uma atmosfera familiar. É meu lar. Eu sou um pouco sobrecarregado com emoção, e como eu disse, sou incrivelmente honrado por estar lá em cima. Muito agradecido a todos". - disse Griffin.    Seu número se junta a nomes como Alvan Adams, Wayman Tisdale, Stacey King e Mookie Blaylock. Tisdale também usava o número 23, e Griffin lhe pediu pessoalmente para pode usar.    Griffin perdeu dois meses na recuperação de uma ruptura parcial no tendão do quadríceps, após quebrar a mão ao agredir o gerente d…

Joe Johnson fala em aposentar-se no Heat

A família de Joe Johnson já está em Miami com ele, e se o sete vezes All-Star conseguir o que pretende eles não se mudam tão cedo. No dia 27 de fevereiro o ala assinou com a equipe de Miami, Johnson e o presidente da equipe Pat Riley, tem se reunido sobre ele terminar sua carreira no Heat, uma das razões pelas quais assinou com a franquia na semana passada.    "A coisa mais importante que Pat me disse foi que esse não é apenas um acordo de curto prazo, que ele gostaria que terminasse minha carreira aqui. E é isso que estamos trabalhando". - disse Johnson. O ala disse que está em uma fase da carrreira de ano-a-ano, mas que não  pensa essa como sendo a sua última temporada.    Johson foi dispensado pelos Nets semana passada, renunciou no sábado e assinou com o Heat logo em seguida. No domingo já fez sua estréia contra o New York Knicks, e hoje a noite estreia em casa contra o Chicago Bulls.  Seus filhos de 9 e 2 anos acompanharam ele na segunda-feira e disseram que estavam an…