Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Tribunal de Justiça Desportiva do Basquete Gaúcho

Amanhã, 15/9/2010, é um dia histórico. A Federação Gaúcha de Basketball instalará seu Tribunal de Justiça Desportiva como determina a Lei 9.615/1998 (alterada pela Lei nº 9.981/2.000). É a primeira grande mudança oficializada no nosso basquete, saindo das necessárias ações do cotidiano – sabemos que outros projetos estão em processo de elaboração e contribuirão com o crescimento do basquete gaúcho. Segundo o Sr. Gilson Kroeff, presidente da FGB, o TJD do Basquete Gaúcho surge de uma parceria da FGB com a Faculdade de direito da ESADE e é uma iniciativa pioneira no esporte brasileiro. Esse convênio será vantajosa para ambas as partes: a FGB terá uma estrutura física (cartório, estagiários, material de escritório e etc..), fazendo com que tenhamos um Tribunal bem estruturado e a ESADE possibilitará aos seus alunos o convívio diário com as atividades de um Tribunal Desportivo, incluindo parte das atividades extra-curriculares dos alunos da Faculdade de Direito. Também teremos integrantes …

Turquia 2010 após a derrota – parte 2

No esporte, respeito se conquista com vitórias. Derrota é sinônimo de fracasso. César Cielo disse isso quando avaliou que os resultados de julho/agosto passado não eram os esperados e que precisa ver o que estava fazendo errado nos treinamentos para obter melhores resultados nas próximas competições. reconheceu que fracassou em seus objetivos. Portanto, fracassamos na Turquia. Se olharmos pelo lado dos resultados, ó vencemos os fracos e inexpressivos Irã e Tunísia e aquele jogo com a Croácia. O debate público e a avaliação interna precisam ocorrer agora. Na véspera dos jogos, com técnico definido e convocação realizada não é o momento mais correto. Por isso falo agora, dou minhas humildes sugestões no período de (re)construção da equipe, da elaboração do cronograma para 2011. Avaliarei em silêncio durante as competições que vierem e voltarei a me posicionar após a próxima competição. O bombardeio de críticas deve ser feito agora e lembrem-se que só quem se importa faz críticas, põe o d…

NBB Sub-20 com verbas da Lei de Incentivo ao Esporte

É a melhor notícia que recebi nos último dias: a Liga Nacional de Basquete consegiui aprovar no Ministério do Esporte projeto referente a Lei de Incentivo ao Esporte onde precisará buscar recursos para o NBB Sub-20. Querem iniciar em 29/10/2010, junto com o NBB-3. Sensacional idéia, já debatida aqui no Mais Basquete no post Nacional Sub-20, sub-22 ou sub-23... A hora, é agora! em 04/10/2009 e em outras ocasiões. É o pirmeiro passo, significativo, para a transição da base para o adulto e para a renovação do basquete brasileiro. A CBB deve ser a primeira a querer repassar recursos que recebe do COB para essa competição, afinal, a LNB esta fazendo uma coisa que deveria ser construída pela CBB. Mais ainda: foi eficiente na aprovação do projeto para captação de verba via Lei de Incentivo ao Esporte.Sr. Kouros e toda administração da LNB estão de parabéns pela primeira conquista. Agora, tem que conseguir as empresas que queiram participar do projeto NBB Sub-20. O mais importante é que a ini…

Turquia 2010 após a derrota – parte 1

“Siempre se disfruta ganarles. Con este equipo somos uma familia
en estos momentos es cuando se Dan los extras de piernas, de corazón, de entrega.
Sabíamos que iba a ser un partido durísimo Pero contestamos como equipo y creo que
hicimos um gran trabajo”
(Site do Carlos Delfino, 7/9/2010, após o jogo como Brasil). Acabou. Meu lado de torcedor do basquete brasileiro, que vibra, que sonho, que projeta conquistas e alegrias semelhantes as que vive o nosso voleibol, consequencia da magnífica estrutura criada pela CBV, vai ter que esperar mais algum tempo. O voleibol também arranhou pódios, perdeu nos detalhes até se tornar frio, tático e se tornar vencedor. Por outro lado, sou um professor de educação física que escolheu a profissão pelo amor ao basquete. Também sou técnico da modalidade. Mas eu sou um cara que se posiciona, não se esconde atrás da mesa ou do nome do clube que dirige para se omitir. Sempre fui assim. Hoje dou opinião, sugiro formas de d…

Ainda o tumulto da final do NBB2

Eu fico assustado quando leio a respeito dos acontecimentos do quarto jogo da final do NBB2. O que ameniza a discussão das decisões da NBB foi que Brasília sagrou-se campeã. Foi isso e somente isso. Entretanto, me dou o direito de discordar do Dr. Rubens Calixto em seu artigo Confusão na final do NBB: uma decisão sábia, publicado no site da liga (clique no link e leia na íntegra). Uma decisão pedagógica com a qual concordaria, seria se o ginásio fosse interditado e o responsável pelo início do tumulto, o jogador Wagner, do Flamengo, também tivesse sido suspenso de imediato e os demais como foi posteriormente pela Comissão Disciplinar da liga. Penso que isso teria sido uma tentativa de equilibrar as decisões, pois como ocorreu só Brasília foi prejudicado. Cabe repetir a indignação do Jorge Bastos, diretor da equipe de Brasília depois que a LNB transferiu o jogo para Anapólis: "foi uma sacanagem! Fizeram uma reunião e o único prejudicado foi Brasília". Não creio que tenha sid…