quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Baron Davis de volta a ativa

Voltando a jogar

   De acordo com Marc J. Spears do Yahoo Sports, Baron Davis irá atuar na D-League, era esperado hoje para assinar um contrato segundo Todd Ramasar seu agente. 
   Davis, que está com 36 anos e foi duas vezes All-Star decidiu no último final de semana que irá assinar um contrato para jogar na D-League depois de pensar por dois anos. Ramasar disse que a esposa de Davis recentemente deu a luz seu segundo filho, o que adiou os planos de assinar com a D-League até depois de 20 de janeiro. O Dallas Mavericks, que têm sido conhecido por adicionar veteranos da NBA ao seu time afiliado da D-League, o Texas Legends, que procurou Davis em Los Angeles no domingo passado.
   "Ele está ansioso para jogar na D-League e mostrar as equipes o que ele é capaz de fazer. Ele sente que é o momento certo. Mais do que tudo, Davis tem treinado e está confiante em seu corpo. Ele sente que está pronto para voltar para a NBA". - disse Ramasar.
   Davis jogou pela última vez na NBA durante a temporada de 2011/12 com o New York Knicks antes de romper ligamentos do joelho direito durante os Playoffs. O veterano em 13 anos de NBA tem médias de 16.1 pontos, 7.2 assistências e 3.8 rebotes. Ele tem treinado diariamente com o ex-assistente da NBA e treinador de desenvolvimento  Rico Hines, seu ex-companheiro de UCLA. A última vez que atuou competitivamente foi na Drew League Pro-Am em Los Angeles no último verão.
   "Todo jogador profissional que ser aposentar nos seus termos. Seu último jogo não foi do que jeito que ele queria para sair. Ele está muito animado com a D-League". - disse Ramasar que jogou com Davis na UCLA. 
   Uma vez assinado seu contrato com a D-League, Davis mergulha num piscina de possibilidades. A partir de terça-feira a noite, a ordem de preferência para contratos é Austin (San Antonio Spurs), Delaware (Philadelphia 76ers), Texas (Dallas Mavericks), Fort Wayne (Indiana Pacers) e Westchester (New York Knicks). Ramasar disse que Davis não tem preferência por time na D-League. Ele pode receber no máximo 25000 dólares e no mínimo 13000. Durante sua carreira da NBA recebeu 147 milhões de dólares. Desde que deixou a NBA, Davis está envolvido em atuar e também produzir um documentário sobre a Drew League.
   Sua volta ao basquete já é boa, Davis foi um dos armadores que mais gostei de ver jogar e quem sabe não consegue uma vaga em uma equipe da NBA se estiver em boa forma.
Postar um comentário