quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Lebron sobre Joey Crawford: "Muito respeito a ele"

O "melhor" da história

   A grande dupla de Lebron James na NBA anunciou que vai se aposentar, não é Wade, nem Irving, falo de Joey Crawford. Brincadeiras a parte, Lebron se manifestou a Chris Haynes do Cleveland.com: "Eu joguei com ele quando era jovem, joguei com ele em jogos finais, em temporadas regulares, e ele nunca vacilou. Ele tem sido o mesmo cara em um jogo de pré-temporada, e todo caminho até as finais, é obviamente sabemos o que vem com isso. Sempre foi uma referência, alguém com quem se pode falar. Muito respeito a ele".
   Lebron ainda salientou a maneira própria como Crawford faz algumas chamadas: "Os Joy-imos, ele tem o seu jeito de fazer algumas chamadas, caminhadas ou bloqueios, coisas do tipo, ele tem seu jeito, mas é sempre bom". Porém a excitabilidade de Crawford ocasionalmente lhe gera problemas, o mais famoso quando ejetou Tim Duncan de um jogo de Playoffs por rir no banco, uma decisão impulsiva que fez Crawford ser suspenso pela liga e levou-o a procura aconselhamento para gestão de raiva. Na final da temporada passada, teve de pedir desculpas a Timofey Mozgov, por tê-lo mandado calar a boca durante uma partida.
   Lebron completou: "Ele foi definitivamente um marco na em nossa liga, e acho que ele está definitivamente deixando uma marca. Ele tem sido um grande árbitro por tantos anos e eu acho que o mais importante, ele fez o seu caminho. Espero vê-lo novamente antes desta temporada, assim que posso parabenizá-lo por uma grande carreira. Ele merece'.
   Crawford começou a trabalhar na NBA em 1977, foi envolvido em problemas de falsificação do imposto de renda em 1998, ele declarou-se culpado e se demitiu da NBA, mas foi recontratado em 1999. Em 2005 tornou-se o sexto árbitro da história a apitar 2000 partidas. No último dia 2 de janeiro, admitiu que essa será sua última temporada, e devido  uma lesão no joelho ficará de fora de boa parte da temporada. Pretende retornar em março, e já é o árbitro que mais apitou partidas de playoffs (313 jogos), e deve aumentar a contagem. 
   Particularmente não gosto dele, e muitos que assistem NBA também não, inúmeras vezes vi erros grotescos de Crawford, andadas, faltas e outras ações que ele deixava passar. Ele é marcante na NBA, mas muito mais por seus erros que acertos. Abaixo uma compilação da carreira de Crawford, tirem suas conclusões:

Postar um comentário