terça-feira, 28 de junho de 2011

Ética, um bom nome para um deus

Com a palavra, Benê Lima (Blog do Benê Lima). Ele comenta a postagem de Roberto Vieira, reproduzida no Blog do Juca Kfouri, com o título Vai com Deus, vó Luiza! Leia a postagem e entenderá o contexto.

Creio que ‘Ética’ seria um bom nome para um deus.

Quando vejo as pessoas pensando mal umas das outras aprioristicamente e sem estarem acompanhadas do ônus da prova, vejo uma situação potencialmente temerária, de uma feita que a prevalência da leviandade pode configurar uma injustiça.

E quem não possui auto-censura para vedar tais fatos a si mesmo, nem age como um bom ateu e menos ainda como um autêntico cristão.

A atitude do Washington possui a tal ponto o valor do bom exemplo, que sua intenção passa a ser algo de somenos importância. E, se não nos é dado perscrutar a mente das pessoas, melhor seria que tentássemos adivinhar-lhes a motivação.

Penso que a atitude do Washington é menos importante pela exposição do divinatório, e muito mais relevante por sua necessidade de afirmação dos mais autênticos valores humanos.

Ao jornalista, coube a sensibilidade perceptiva e a singeleza do gesto fraseológico.

Parabéns, Washington!
Boa, Roberto e Juca!

Fraternalmente.

Postar um comentário