segunda-feira, 11 de julho de 2011

Comentar decisão técnica de Neto foi um erro?

Recebi o e-mail abaixo do Prof. José Medalha e, por ser um pedido dele, estou colocando na íntegra aqui – retirei uma parte pessoal no final da mensagem e que nada tem a ver com o assunto. Quero agradecer a manifestação do professor e leitor do mais basquete.

Destaco que meu interesse foi comentar um erro que nos tirou de uma posição melhor no mundial e nunca a qualidade do Neto. Não sou jornalista e não pretendo sê-lo para ficar especulando sobre saída deste ou daquele técnico (faço no futebol, de brincadeira, entre amigos e até no twitter, afinal lá sou torcedor). Sou técnico de basquete e comentei um lance isolado como aprendizado de situações de jogo.

Aliás, essa é uma posição interessante: os árbitros estudam situações específicas de jogos passados, com a presença ou não dos árbitros que trabalharam no referido jogo. Debatem, estudam em cima de bolas difíceis. Os técnicos nào poderiam fazer o mesmo?

Nesse momento o Neto esta na berlinda – não fui eu que o coloquei lá. Seria natural a Associação de Técnicos de Basquete do Brasil apoiá-lo. Seria uma decisão inteligente. Mas não temos tal associação. Isso não mudaria a situação: perdemos. E erros ocorreram, mas aí que o e-mail do Prof. Medalha é interessante. Destaca os erros durante o jogo e nos dá uma lição: não perdemos naquela bola, naqueles 7 segundos.

Leiam, tirem suas conclusões e comentem. Assim, todos aprendemos.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

De: jose medalha <>
To: "CarlosAlexRGS" <
carlosalexsoares@gmail.com>
Date: Segunda-feira, 11 de Julho de 2011 13h4min43s GMT+0000
Subject: RE: [Mais Basquete] Fundo! fundo! Sai bebê!

Amigo Carlos Alex Tenho me furtado a tecer comentarios sobre procedimento tecnico dos nossos colegas, mmo porque nao acompanhei os treinamentos da seleçao e nem estava no banco podendo ter uma avaliaçao mais completa de toda o complexidade de momentos como os passados pela seleçao sub 19. Alem disso, nao me parece ético com ex-treinador de seleçao estar dando os meus palpites  no procedimento dos meus colegas. Jogadores com a experiencia que tem nao precisam ouvir do tecnico que devam fazer falta quando estamos tres pontos a frente e o adversario ter a chance de empatar e levar o jogo para o período extra. Ja vi tecnico de alto nivel fazer o contrario. Estar a frente dois pontos e exigir falta para que o adversario possa empatar o jogo e ainda ficar com a ultima bola.. Isso nao diminui nem aumenta o valor  e a capacidade de um treinador de comandar equipes em qualquer nivel.  Conheço e acompanho o técnico Jose Neto ha muito tempo.. Sei que ele é  competente e apto para dirigir seleções como lhe tem sido atribuída essa função ultimamente.. Perder para a Russia e Argentina na ultima bola nao significa que o tecnico falhou.. A equipe deve ter tido outras falhas durante o jogo , arremessos fora de hora , bolas perdidas, mal posicionamento no rebote etc etc... Certa vez ouvi do consagrado tecnico Bob Knight a seguinte resposta a uma indagaçao em uma de suas clinicas. Pergunta.. O que fazer para matar a ultima bola com um ponto atras e ter ainda 15 segundos para o arremesso..?? Knight  respondeu o seguinte:  Treine o seu time na defesa o suficiente para garantir bons ataques e ficar cinco pontos no minimo a frente e vc nao vai ter essa preocupaçao ao final do jogo..  Abrs  […] Gostaria ainda que vc repercutisse esse meu email na sua lista de amigos

Postar um comentário