domingo, 13 de novembro de 2011

10 perguntas para Carlos Nunes


Via Clipping do Basquete, do sempre dedicado basqueteiro Alcir Magalhães, recebi esses questionamentos realizados por José Alberto Valle Pereira, o Beto de SC e que por muito tempo trabalhou junto ao presidente da federação daquele estado. Com autorização do autor, publico aqui as perguntas, pois são importantes para o basquete brasileiro.
Porém, tomo a liberdade de acrescentar as questões, uma pessoal: 
  • as federações irão permitir que Carlos Nunes se reeleja ou que faça o Grego como sucessor? continuaremos nesse parlamentarismo velado atual (Carlinhos Laranja e Brunoro exercendo o comando) ou voltaremos ao passado para vermos mais 16 anos de sofrimento em nível internacional?
Se sim, é melhor voltarmos a jogar pok-ta-pok e formarmos uma nova confederação - um dia evoluiremos e chegaremos ao basquete novamente, longe desses predadores...
Abaixo, as questões que Beto formulou, enviou à CBB e não obteve resposta. Isso, em três ocasiões diferentes.
-------------------------------------------------------------------------------------
Ilustre presidente Carlos Nunes

Repetimos os questionamentos enviados por 3 vezes e não respondidos, acrescidos de mais 3, lembrando que as respostas são de interesse de todos os basqueteiros.
A confirmar pela gestora
  1. Haverá  proposta de alteração estatutária para permitir prorrogação do mandato ou antecipação da eleição para garantir-se até 2016 na assembléia de 28/11?
  2. O  repasse mensal dos auxílios as federações estão ou não atrasados?
  3. Os salários dos funcionários estão atrasados?
  4. É real a saída do Diretor Técnico André Alves?
  5. porque não houve o repasse do Ministério para custeio da LDO e a LNB teve que resolver o problema?
  6. O prêmio dos atletas pela classificação do Pré Olímpico somente será pago em dezembro? E que o prêmio da feminina é menor que o da masculina?
  7. Os Brasileiros de Base estão e sendo cancelados por falta de verba?


Novos questionamentos a confirmar:
  1. Para quando está prevista a liberação da última parcela da Eletrobrás?
  2. Procede a notícia que corre de que o TCU está na Eletrobrás avaliando os contratos da empresa com entidades esportivas?
  3. Procede a informação de que as pautas das reuniões são sigilosas e os presidente não tomam conhecimento?

Beto - SC
Postar um comentário