quinta-feira, 9 de maio de 2013

Heat superior, será?

  Antes de mais nada, realmente o Heat foi superior, comandou durante todo o jogo e obtiveram uma vantagem de 37 pontos, a pior derrota da história dos Bulls em uma série de Playoffs e a maior vantagem do Heat. Lebron teve uma noite a altura do astro que é, conseguindo 19 pontos e dando 9 assistências, sem falar em Noris Cole com 100% de aproveitamento (4/4, terminando o jogo com 18 pontos e 6 rebotes e Ray Allen que foi o cestinha com 21 pontos, convertendo todos os 10 lances livres que cobrou. 
  Mas foi só isso, porque a arbitragem, infelizmente foi mais decisiva, começando com duas faltas que Lebron cavou contra Noah, ambas nada foram, eram apenas lances normais do jogo, do contato que existe. Depois, marcou uma técnica para Nate Robinson inexplicável, no momento de um tempo para Tom Thibodeau. No segundo tempo da partida, marcou uma andada de Taj Gibson que irritou Thibodeau, e em seguida expulsou Noah e Taj Gibson. Antes que pensem, "tu torce pro Bulls, óbvio que vai reclamar de arbitragem", eu reclamo sempre que acontecem erros grotescos e independente da equipe. 
   Voltando ao basquete, apenas Bellinelli (13), Noah (12) e Robinson (11), anotaram dois dígitos na pontuação. A defesa não funcionou bem no jogo passado e a irritação com a arbitragem prejudicou a atuação dos Bulls. Porém, a vantagem é total do Bulls, já que tem 2 jogos em casa e caso os vença elimina o favoritíssimo Heat. Nessa sexta as equipes se enfrentam com transmissão da ESPN. 
    Abaixo segue o link dos lances do jogo para conferirem os melhores momentos e as lambaças dos árbitros.


Postar um comentário