terça-feira, 7 de maio de 2013

Rose pra que?

   Novamente a equipe dos Bulls mostraram toda a sua força, na noite passada em uma grande partida contra os atuais campeões e na casa do adversário, venceram e convenceram. Com grandes atuações defensivas e um ataque coeso conseguiram ao final da partida abrir uma vantagem pequena e vencer.
   Como bom torcedor dos Bulls ontem eu pensava: "Bah agora vem os campeões e estamos sem o Rose, o que vai ser dessa série?" Porém, com todo o trabalho de equipe e as atuações incríveis de Jimmy Butler com 21 pontos e 14 rebotes, anulando Lebron James no primeiro tempo da partida, e com o baixinho insano Nate Robinson anotando 27 pontos e 9 assistências, a equipe da cidade dos ventos apresentou toda a vontade necessária para ser campeão.
   Alguns momentos do jogo lembram em muito os Bulls dos anos 90, com Marco Bellinelli acertando muito de 3 pontos não tem como não lembrar de Steve Kerr, ambos não marcam muitos pontos por jogo, mas se tratando de 3 pontos possuem um aproveitamento excepcional. Jimmy Butler lembra em muito a força defensiva de Scottie Pippen, tanto que foi capaz de anular lembra em momentos importantes da partida. No papel as equipes são bem diferentes, os Bulls realmente não são favoritos para ganhar essa série de Playoffs, mas se conseguirem jogar com essa consistência e consciência, vejo aqui uma equipe finalista da NBA.
   Mas para responder a pergunta, "Rose pra que?", é fácil, no jogo de ontem Nate Robinson mostrou que é um armador de excelente nível capaz de substituir Rose, mas mais do que isso, os Bulls superam a falta de seu astro com muito trabalho coletivo e inteligência tática, graças
a Tom Thibodeau.

 


Postar um comentário