quarta-feira, 26 de junho de 2013

Draft 2

   Continuando com a série do Draft da NBA, hoje apresentarei os prováveis selecionados nas posições 3, 4 e 5. E falarei sobre Lucas Bebê, nosso compatriota mais bem cotado para entrar na liga. 
Apostas dos Wizzards, provavelmente um dos nomes da liga
   Começando pela terceira escolha do draft, que será do Washington Wizzards. O atleta provavelmente selecionado é Otto Porter, um Small Forward bem alto e com uma grande envergadura, sendo a mesma de Anthony Davis que é pivô. Seus pontos positivos são a envergadura, versatilidade, bom passador, bom defensor, tem QI de basquete bom, é inteligente e sabe jogar, bom reboteiro, acerta bolas de 3 e consegue lances-livres bônus em faltas e tem um bom aproveitamento. Sua única fraqueza é que deve ficar mais forte e maior. Sua principal habilidade é sua versatilidade, é muito difícil marcá-lo, pois consegue fazer cestas de muitas maneiras e também é um bom passador, bom reboteiro e defende bem a sua posição. Aparece no Draft com médias de 16.2 pontos por jogo, 7.5 rebotes, 48% de aproveitamento dos arremessos de quadra, 42% do perímetro e 77% da linha dos lances livres.
Canadense que pode fazer sucesso na liga
   A escolha de número 4 pertence a franquia de Michael Jordan, o Charlotte Bobcats selecionará Anthony Bennett. Um Power Forward que apesar de não ser tão alto, possui uma grande envergadura e é atlético, conseguindo superar a sua baixa estatura para a posição. Sendo mais rápido que os adversários ele consegue levar os adversários para o perímetro e arremessar. Os pontos fortes apresentados são sua envergadura, ser atlético, boas mãos que demonstram segurança em receber e estar com a bola, bom reboteiro, bom trabalho de pés no garrafão e precisão em chutes além das linha de 3 pontos. Seu ponto fraco é não tem protótipo para jogar na posição 4. Ele entra no Draft com médias de 16.1 pontos por jogo, 8.1 rebotes, 53% de aproveitamento dos arremessos de quadra, 37% do perímetro e 70% da linha do lance-livre. 
Jogador com bom futuro se for bem polido
   Como quinta escolha, para defender as cores do Phoenix Suns, Victor Oladipo será o escolhido. O jogador da posição dois, com uma grande competitividade, muito atlético e capacidade de impactar o jogo em ambos os lados da quadra. Seus arremessos de três são uma boa arma, além de ser difícil de marcá-lo por sua facilidade de chegar até a cesta, e possuí capacidades de ser um grande defensor. Como pontos fortes sua forma atlética, um bom primeiro passo na bandeja, perigoso do perímetro, competitivo, ótimo defensor, bom reboteiro para sua posição. Como ponto fraco observa-se a sua altura para a posição, e é ruim em relação a passe e desperdício de bola. O atleta tem médias de 13.6 pontos por jogo e 6.3 rebotes por jogo, com 59% de aproveitamento dos arremessos de quadra, 44% do perímetro e 74.6% dos lances-livres.
Nosso compatriota mais concorrido e cotado para
ingressar na liga
   Nossa compatriota, Lucas Bebê, aparece como o mais certo do nosso país a ingressar na liga. Bebê fez testes e agradou a equipe dos Sixers, em sites especializados o pivô aparece com a escolha número 11 que pertence a franquia da Filadélfia. Os principais sites do Draft projetam Bebê para o primeiro round, após um bom Eurotrip, com muitas enterradas e tocos. O brasileiro está cotado entre a escolha 20 e 30, podendo ir para kniks, Clippers,  Pacers e Jazz, sendo o último uma das franquias que Bebê treinou. Agora é só esperar e torcer que algum brasileiro entre na liga amanhã, além de Bebê temos Raulzinho, Augusto Lima, Lucas Mariano e Gui Deodato. 
Postar um comentário