terça-feira, 25 de junho de 2013

O 3x3 chegou a capital gaúcha!

Foto: Divulgação / CBB

O armador Yannick Soares joga basquete desde os nove anos, quando começou a praticar a modalidade em sua cidade natal, Pelotas. Hoje, aos 23, o jogador orgulha-se de já ter defendido clubes de vários estados brasileiros. Neste fim de semana (dias 29 e 30), pela equipe Pelotas Basquete Clube (PBC), ele será uma das estrelas da etapa Regional de Porto Alegre do Basquete 3x3 Tour Nacional, evento com patrocínio exclusivo da Redecard e realizado pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB). As disputas, no ginásio Tesourinha, reunirão competidores nas categorias Sub-18 e +18, masculinas e femininas.

A equipe PBC é bicampeã estadual. Yannick sabe, no entanto, que não terá vida fácil na competição do fim de semana. “Eu não tenho muita informação sobre os adversários aqui do Sul. Mas o fato é que o 3x3 está crescendo, ganhando muitos adeptos. Como é um jogo intenso, rápido, temos que nos preocupar também em não errar. Muitas vezes acabamos perdendo devido a nossos próprios erros”, avalia o jogador, que terá como companheiros o pivô Rober Sant´Anna e os alas Rodrigo Kilca e Max Martins.

Com o objetivo de chegar à etapa nacional, Yannick conta que seu quarteto teve um mês e meio de preparação. “Aproveitamos o período de férias nos clubes para treinar”, acrescenta o armador, que defendeu o Brasil no Mundial de 3x3, ano passado, em Atenas.

Na mesma categoria, a +18 masculina, uma outra equipe promete brigar pelo título. Trata-se da catarinense Pick and Rollmaço, formada pelo pivô Jony Stassun, os alas Eduardo Pereira e Tiago Willemann e o armador Marco Ribeiro. “O quarteto está jogando junto pela primeira vez nesta temporada e esperamos fazer um bom papel como representantes de Santa Catarina”, diz Jony. “Do Estadual para cá, quando fomos campeões, a equipe evoluiu bem. Vamos viajar focados em busca de um bom resultado”, afirma.

Antes de Porto Alegre foram disputadas as etapas de Recife e São Paulo, que já classificaram 16 equipes – oito de São Paulo, sete de Pernambuco e uma do Ceará –, para a etapa nacional. A quarta e última etapa regional será a do Rio de Janeiro, no dia 12 de julho. A etapa nacional será disputada também no Rio de Janeiro, dias 13 e 14 de julho, com transmissão ao vivo das finais pelo canal SPORTV.

Inscrições abertas
As inscrições para a etapa de Porto Alegre deverão ser feitas no hotsite do evento (www.cbb.com.br/3x3). Somente poderão se inscrever os atletas classificados nas etapas estaduais. 

Vagas em jogo
As equipes da categoria +18 masculina terão uma motivação a mais na competição. As três
primeiras classificadas na etapa nacional estarão garantidas no World Tour FIBA do Rio de Janeiro, nos dias 14 e 15 de setembro. O evento, por sua vez, classificará duas equipes para o World Tour Final FIBA em Istambul, na Turquia, dias 5 e 6 de outubro.

Já os atletas das categorias Sub-18 (masculina e feminina) serão observados para as convocações das seleções brasileiras 3x3 que disputarão o Campeonato Mundial Sub-18 em Jacarta, na Indonésia, de 26 a 29 de setembro.

Os jogos do Basquete 3x3 são realizados com duas equipes de três jogadores e um reserva que se enfrentam em meia quadra. A primeira disputa internacional foi realizada nos Jogos Olímpicos da Juventude, em Singapura, em 2010.

Sobre a REDECARD
A Redecard patrocina projetos esportivos de abrangência nacional, inovadores, com características de agilidade e que incentivem o coletivismo. Dentro das ações que recebem o apoio da companhia estão o Basquete 3x3 Tour Nacional e o Mundialito de Futevôlei 4x4. Na mesma linha estão a Megarampa, Match Race Brasil, Liga Futsal, Tour do Brasil – Volta Ciclística de São Paulo, Jump Festival e Torneio Internacional Cidade de São Paulo de Futebol Feminino, entre outros. Todas as atividades esportivas da Redecard são realizadas por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

O BASQUETE 3X3 TOUR NACIONAL TEM O APOIO DO GOVERNO FEDERAL POR MEIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE.

O 3x3 está crescendo no Brasil e pode se tornar esporte olímpico na Rio 2016
Postar um comentário