sexta-feira, 21 de junho de 2013

Uma nova dinastia?

Personagens importantes da série Lebron e Leonard
   Com grande atuação de sua maior estrela, o Miami Heat chega ao bi-campeonato e levanta uma discussão, serão eles os novos Bulls dos anos 90? Em um grande jogo, com muita defesa e disputa intensa o comandados de Erik Spoesltra venceram sofrido em casa.
   Na partida realizada ontem na American Air Lines Arena, a equipe de Lebron e companhia suou muito para bater os velhinhos do Spurs. Com grande atuação de um atleta de seu banco de reservas, o Heat chegou a seu terceiro título na liga, Shane Batier anotou 18 pontos conseguindo 6/8 do perímetro, enquanto que Ray Allen, Mike Miller e Chris Bosh acabaram o jogo zerados. Quem começou o jogo com tudo foi Dwayne Wade, que acabou a partida com 23 pontos e 10 rebotes, mas jogando demais no primeiro tempo do jogo.
Fazendo história como maior cestinha de um jogo 7 e 2 vezes
seguidas MVP das finais e da liga
    Lebron foi um capítulo a parte, além de conseguir 37 pontos, que é a melhor pontuação de um atleta em jogo 7 da história, conseguiu 50% de aproveitamento do perímetro (5/10) e 12/23 dos arremessos de quadra, além de pegar 12 rebotes e distribuir 4 assistências. Ontem Lebron foi decisivo e jogou decidido a vencer, carregou o time nas costas, parecia o Lebron do CAVS, mas mais maduro e sabendo quando forçar e quando deixar o jogo fluir.  Com médias de 25,3 pontos, 10,1 rebotes e 7 assistências por jogo, não tinha como não levar o MVP das finais, e conseguir um feito relevante, juntando-se a Michael Jordan e Larry Bird como os únicos a vencerem o MVP da temporada e das finais duas vezes. Ainda, entrou na lista dos jogadores a conseguir MVP das finais duas temporadas seguidas, juntamente com Kobe Bryant, Shaq, Michael Jordan e Hakeem Olajuwon.
Duncan: um gigante de 37 anos e muito ainda a jogar
    O jogo foi disputado durante todos 48 minutos, sem nenhuma grande diferença na pontuação. Pelos Spurs os destaques foram novamente Tim Duncan, o Homem Biônico, esse nunca vai se aposentar, aos 37 anos o astro conseguiu 24 pontos, 12 rebotes e 4 roubos de bola, podendo empatar o jogo no minuto final em uma jogada costumeira onde errou o tapinha no rebote. O garoto Kawhi Leonard (21 anos), que vai ser um astro na liga, jogou demais, conseguindo 19 pontos e 16 rebotes. Manu jogou bem, anotando 18 pontos, 5 assistências, mas com 4 desperdícios de bola cruciais, sendo 3 nos últimos minutos do jogo. Em contrapartida, Parker foi mal conseguindo apenas 10 pontos e 4 assistências, e Danny Green o cara das finais, que fez história com suas cestas de três, acertou apenas 1 de 12 nos seus arremessos de quadra., terminando o jogo com 5 pontos. Splitter que entrou como o primeiro brasileiro a vencer um jogo em finais da NBA, não conseguiu tornar-se o primeiro representante da nossa nação a ser campeão.
    Para a temporada seguinte os desafios serão maiores para ambas as equipes, para os Spurs voltar as finais e para o Heat conseguir uma trilogia na liga. 
Postar um comentário