sexta-feira, 5 de julho de 2013

Mercado da bola

   Novos ares para vários atletas, em muitas movimentações e especulações as equipes da NBA vão se reformulando e modificando. Grandes nomes saíram de suas franquias e foram buscar novas oportunidades ou melhores contratos em outras cidades. 
Pivô inteligente e forte, grande contratação
   All Jefferson, um grande pivô da liga, que defendia os Jazz foi para uma das franquias que mais perdeu na temporada passada, para os Bobcats. O pivô assinou um contrato de 3 anos e 41 milhões de dólares, em torno de 13,6 milhões por ano. O atleta estava atuando em Utah nas últimas três temporadas, com médias de 17,8 pontos e 9,2 rebotes. Para que Jefferson pudesse ir para Charlotte, os Bobcats anistiaram Tyrus Thomas, utilizando a clausula do contrato de Thomas, o atleta seguirá recebendo 18 milhões por dois anos, mas anistiado o valor não incidirá na folha de contrato, o que liberou espaço para a contratação. Os Bobcats procuram melhorar na liga, já que conseguiram draftar Cody Zeller, um pivô de futuro brilhante na liga e contam com Kemba Walker, jovem armador e promissor.
Especialista de três que vai ajudar
muito os vice-campeões
   Outro atleta que mudou de ares foi marco Bellinelli, o especialista em chutes do perímetro foi para San Antonio, reforçar a forte equipe dos Spurs. O italiano assinou um contrato de 6 milhões de dólares pelos próximos dois anos, os Spurs serão a sua quinta franquia. Na temporada passada obteve médias de 9,6 pontos e um aproveitamento de 38% dos arremessos de 3. A equipe do Texas conta ainda com nove estrangeiros no elenco, porém não se sabe se Splitter ficará, o brasileiro entrou no mercado de agente livre tentando buscar um salário mais alto, porém a diretoria dos Spurs não abre mão de Splitter. E acabo de ver que Splitter renovou por mais 4 anos.
Até o momento a melhor contratação
da pós-temporada
   A franquia de New Orleans também buscou um reforço, e conseguiu um bom atleta, Tyreke Evans, ex Kings. O ala/armador foi movido em uma ação conhecida como sign e trade, onde um atleta assina a renovação para ser imediatamente trocado. Evans assinou por 4 anos e 44 milhões, a troca ainda envolveu duas equipes. Os Pelicans enviaram Greiviz Vasquez para os Kings e o pivô Robin Lopez para Portland. Os Trail Blazzers participaram da negociação com dinheiro e uma escolha de segunda rodada para os Kings.  A troca será oficialmente anunciada no dia 10 de julho, após prazo estipulado pela NBA.  Dessa forma os Pelicans contam com uma equipe forte, com Jrue Holiday (trocado por Nerlens Noel), Eric Gordon, Tyreke Evans, Ryan Anderson e Anthony Davis. Vejo aqui uma franquia que pode entrar nos playoffs.
   Fora essas trocas confirmadas, ainda existem jogadores bons como agentes livres, Dwhight Howard, Josh Smith, Nate Robinson, J. R. Smith, entre outros. Essa época da NBA é uma loucura é um momento tão crucial quanto o draft, é a hora de montar uma equipe competitiva e que gere lucros e títulos. Algumas franquias correm riscos, a principal é o Boston Celtics, que perdeu paul Pierce, Jason Terry e Kevin Garnett para os Nets, e que corre riscos de perder Rondo para os Mavericks. Ainda assim, o dono do clube disse que não irão perder o máximo que poder para ter boas escolhas no próximo ano. Será?
Postar um comentário