quinta-feira, 25 de julho de 2013

Orgulho do Rio Grande do Sul

Primeiro gaúcho da história a jogar na NBA
   A alguns dias mais um brasileiro entrou na NBA, mas mais especial que isso é o fato de Vitor Favarani ser gaúcho. Isso é tão importante que tornou-se um marco para carreira de Favarani, sendo agora o único atleta gaúcho da história a ingressar na melhor liga de basquete do mundo. 
   Vitor Luiz Faverani Tatsch, nasceu em Porto Alegre em 1988, morou em Paulínia até os 14 anos de idade, quando foi jogar na Espanha. Defendia as cores do Unicaja, até ser emprestado na temporada 06-07 para o CAI Zaragoza e na temporada 07-08 para o Bruesa GBC. No ano de 2009 tentou a sorte no draft, sendo o único brasileiro inscrito, sem sucesso. Retornou para a Espanha e jogou a Euroliga 2008-09 pelo Unicaja, ao final de 2009 rescindindo o contrato com o Unicaja e transferiu-se para o CB Murcia. Faverani fez praticamente toda sua carreira em solo espanhol, antes de chegar ao Valencia. Na temporada passada, o ala/pivô conseguiu médias de 9.7 pontos, 4.6 rebotes e 0.7 tocos por partida.
   Para o futuro Faverani acertou com os Celtics por três anos, e disse em entrevista que:
"Nenhum jogador pode dizer não a esta oportunidade, a um clube como o Boston, tão grande. A oportunidade me surgiu e não pensei duas vezes. Está claro que se não fosse assim não sairia do Valência, porque estava encantado. Mas mais do que mudar de equipe é realizar um sonho e creio que chegou o momento de fazê-lo."
Faverani tem a difícil tarefa de criar
seu espaço em Boston
   Para os conterrâneos de Faverani, ver um gaúcho chegar a NBA exalta a paixão do povo do Sul pelo basquete, uma vez que, o basquete é tradicional em nossa região e já tivemos muitas equipes fortes, e muita tradição no basquetebol nacional. Como gaúcho que sou, Faverani representará o sonho de todo garoto dos pampas que joga basquete e sonha chegar a NBA, além de ser mais um membro da nação verde amarela na liga. 
   O começo será complicado, se para Fab Melo que jogou na NCAA e conhecia o basquete norte-americano a sua adaptação foi complicada, imaginem para um atleta que vem de outra liga e que nem entrou no draft. Faverani terá de provar seu potencial e disputar vaga com Fab Melo, Kelly Olynyk , Colton Iverson e Chris Wilcox. Na sua primeira temporada na liga, Faverani terá de se superar e provar que pode jogar alguns minutos, tomará que tudo de certo e tenhamos mais um brasileiro, e gaúcho, fazendo sucesso na liga.
Postar um comentário