terça-feira, 20 de agosto de 2013

A história foi feita

A equipe que mudou o rumo do basquete mundial
     Há exatos 26 anos a nossa seleção entrou para história do basquete mundial, no Pan-Americano de 1987 em Indianapolis nos Estados Unidos. o feito de nossos compatriotas foi tão grande que mudou a forma que os americanos viam as competições internacionais.
   Até o fatídico dia a seleção americana vinha de uma sequência de 70 vitórias, um recorde incrível, algo jamais imaginado, sem nunca na história ter perdido uma partida se quer em sua casa. Pois bem, o Pan-Americano de 1987 em Indianapolis foi o evento que mudou o rumo do basquete mundial, primeiramente pois os Estados Unidos perderam o seu primeiro jogo em casa, sendo favoritíssimo ao título e com a torcida toda a seu favor. E na época a equipe norte-americana sempre participou de competições com seus universitários, nunca jogavam os astros da NBA, pelo fato de serem o país do basquete e por sentirem-se superiores aos demais adversários.
   Mas, na sua frente vinha uma seleção brasileira de altissíma qualidade, que contava com duas estrelas de nível da NBA, Oscar e Marcel. Na final anotaram 46 e 31 pontos respectivamente, e comandados por Ari Vidal acabaram com a moral e a pompa dos americanos. O resultado foi tão humilhante para eles, pois o Brasil perdia por 22 pontos no primeiro tempo, e o fim do jogo teve o placar de 120 x 115 para o Brasil. O local onde ficava o ginásio foi destruido e construído um estacionamento, acredito eu que para apagar de vez as lembraças daquela partida. E fato é, que desde então, as equipes de basquete dos Estados Unidos são formadas sempre com os principais jogadores.
   Isso serviu para provar que os americanos não eram imbátiveis, que sim podiam perder, que deveriam ser mais humildes e jogar cada partida com o máximo de força possível e sem menosprezar qualquer adversário. Fato é que, a medalha no Pan de 87 entrou para a história do esporte mundial e dividiu aguás nas competições internacionais de basquete. Que orgulho de ser brasileiro.
Postar um comentário