segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O mesmo erro

Kobe fala sobre o erro dos CAVS
   Agora a pouco sentei em frente ao computador e uma frase me chamou atenção, Kbe Bryant comentou que os Cavaliers cometeram o mesmo erro que os Hornets no ano em que o draftaram. resolvi então analisar a situação.
   Da mesma forma como Wiggins é o astro da nova geração, com tudo para ser o dono da liga em três anos no máximo, Kobe era tinha o mesmo status em 1996, foi draftado diretamente do High School (prática permitida na época) na 13° posição pelos Hornets e imediatamente trocado com os Lakers. Não sabiam os diretores da equipe de Charlotte o que faziam, prova disso que Kobe venceu cinco títulos da NBA, foi MVP da temporada de 2008, dezesseis vezes All Star, duas vezes líder da liga em pontos, duas vezes MVP das finais e líder de todos os tempos em pontos dos Lakers. Além disso, Kobe é o melhor jogador de basquete depois da era Jordan sem discussão, é da geração dos anos 90 e é o "rei" de sua geração, um Semi-Deus do esporte.
Trocado para o Timberwolves, Wiggings vai dominar a liga
   Como dito por Kobe, a troca de Wiggings é um erro, sem sombra de duvidas o garoto será um astro da liga e com certeza o melhor da sua geração. Em poucos anos o Cleveland vai se arrepender de sua escolha, pois mesmo que ganhem o título essa temporada, Love, Lebron devem jogar por mais alguns anos, mas e se eles não renderem? Se eles se machucarem? Se não souberem jogar junto? Lembram dos Lakers de 2012? Os caras eram astros que não sabiam jogar junto e não foram longe. E vamos pensar, o que vale mais a pena, ganhar a NBA uma vez, talvez duas, ou ter um astro da iga que pode lhe gerar 5, 6 ou mais títulos?
   Eu nunca trocaria o Wiggings, um jovem que tem 19 anos, 2,03 m e 91 kg, leve, atlético, que chuta muito bem de três, de longa e média distância, com facilidade em infiltrar o garrafão, muito habilidoso e que tem uma explosão muscular excepcional, enterra como poucos e vai dominar a liga em pouco tempo. Wiggings jogou por Kansas no College, teve médias de 17.1 pontos, 5.9 rebotes, teve dois jogos memoráveis, sendo um com 17 pontos e 19 rebotes contra Iowa State e outro de 41 pontos contra West Virginia. Proou que pode ser o "cara" e se for bem treinado vai melhorar ainda mais em todos os aspectos. Acredito que em 10 anos eu esteja escrevendo para falar da burrada dos CAVS, que perderam o astro da liga e não sabiam o que estavam fazendo. 
Postar um comentário