domingo, 14 de setembro de 2014

Imbátiveis

Dominantes como sempre os americanos se tornaram pentas
   Como já era de se esperar, os Estados Unidos confirmam o favoritismo e levam o Mundial de Basquete. Com uma campanha impecável e invejável, os americanos mostraram por que são sempre os favoritos no basquete e dominaram todos os seus jogos.
   É penta, esse é o grito que os americanos podem entoar a partir de agora, os criadores do basquete conseguem faturar mais um mundial e se isolam como maiores vencedores. O jogo de hoje foi um embate entre a melhor equipe do basquete mundial e a equipe mais tática do torneio, no começo o jogo parecia tomar um rumo diferente para os americanos, mas como de costume ...
   Um começo nervoso e desorganizado dos americanos assustou, parecia que a Sérvia seria a seleção que poderia bater os Estados Unidos, abrindo oito pontos de vantagem e marcando muito bem. Porém, os norte-americanos reagiram e tiveram uma sequência monstruosa, e para mim, ganharam o jogo nesse período, terminando 35 a 21, com perfeição nos arremessos de três. O segundo período foi um passeio, serviu para aumentar a vantagem, com atuações monstruosas de Harden e Irving, mas quem mudou mesmo o rumo do jogo foi DeMarcus Cousins. Quando Davis saiu do jogo por duas faltas, Cousins o substituiu e foi perfeito defensivamente, dominando e protegendo o garrafão, e no ataque eficiente, incomodando os adversários e pontuando com eficiência, acertando praticamente todos os lances livres que bateu (desperdiçou apenas um).
   Depois disso o jogo virou festa, os americanos chegaram a abrir 40 pontos de diferença, rodaram muito os atletas e esse foi o único jogo em todo campeonato em que sofreram mais de 80 pontos. Para quem diz que os americanos não marcam, eles tiveram a melhor defesa do campeonato, o melhor ataque e se tornaram penta campeões, tricampeões mundiais seguidos e invictos. Irving foi o MVP do campeonato, anotando 26 pontos no jogo de hoje. O jogo terminou 129 a 92 para os americanos e mais uma vez me pergunto, quem pode parar essa seleção? Eles são invencíveis? Ainda não tenho respostas para essas perguntas, mas acredito que talvez possam perder um jogo, acreditei que o basquete da Sérvia poderia complicar por sua forte marcação, mas mesmo fazendo alterações de zona e individual, nada funcionou.
Campanha memorável
   Mais uma vez os criadores da bola laranja dominaram, levaram o torneio e foi muito merecido. Para a Sérvia fica o reconhecimento de seus compatriotas, os atletas serão recebidos pelo presidente e por 50000 espectadores para celebrar a campanha vitoriosa, mais que merecido. Para nós brasileiros nos resta lamentar, pois se vencêssemos a Sérvia provavelmente estaríamos nas finais, mas ainda assim parabenizo nossos compatriotas por terem nos representado bem, afinal perdemos apenas duas partidas. O mundial serviu para provar que ainda não estamos no primeiro escalão do basquete mundial, mas estamos muito bem, somos os melhores da América do Sul e vamos com força para os Jogos Olímpicos, vamos torcer agora na Copa América de 2015 e vir fortes para o Rio 2016.
Postar um comentário