terça-feira, 9 de setembro de 2014

O futuro

O futuro que se faz presente
   Vencemos nossos algozes, os temidos hermanos, melhor massacramos eles e uma jovem armador foi o destaque, e mostrou que seu futuro já é presente. Raulzinho foi o destaque da nossa vitória e é sobre ele que escrevo hoje.
   O jovem de 22 anos, Raul Togni Neto, mineiro que começou sua carreira no Minas Tênis e logo se destacou, atuou por quatro anos no Brasil e logo chamou a atenção por sua qualidade técnica, passes incríveis e sua inteligência tática. Em constante evolução foi contratado Gipuzkoa Basket da Espanha, onde foi ídolo da equipe e foi titular por quatro anos com boas médias de pontos e assistências, ainda mais para um garoto de pouco mais de 19 anos.
   Em 2013 alcançou o ponto máximo de sua carreira, quando se inscreveu para o Draft da NBA e foi escolhido pelo Atlanta Hawks e em seguida trocado para o Utah Jazz. Na época do Draft, Raulzinho optou por ficar mais uma temporada na Espanha e aprimorar seu jogo antes de vir para a NBA, agora vejo que sua escolha foi perfeita. Essa semana o presidente do Utah Jazz deu uma entrevista e falou que estava muito contente em ter escolhido Raulzinho, e disse que o futuro de sua franquia estava bem encaminhado. Se formos analisar, Raulzinho está bem cotado na NBA, afinal foi o primeiro armador brasileiro a ser selecionado e também foi draftado por uma franquia com tradição em armadores de qualidade, tanto que o maior passador de todos os tempos (John Stockton) jogou por lá.
   Raulzinho deixou de ser uma promessa e se tornou realidade, com 21 pontos no segundo tempo do jogo contra a Argentina provou pro mundo que está maduro o suficiente e devemos agradecer muito o Magnano que apostou em Raulzinho após uma Copa América terrível. Agora a pouco vi uma entrevista do jovem armador, ele disse que nem queria continuar no grupo pela competição anterior, mas o treinador não o abandonou e confiou nele, ainda bem. Agora é torcer para amanhã Raulzinho jogar bem e nos levar a semifinal do mundial, algo que não acontece a muito tempo.
Postar um comentário