quarta-feira, 19 de novembro de 2014

A Bíblia do Basquete

   Para todos nós amantes do esporte da bola laranja, nesse ano foi lançado um livro que pode-se dizer que é a bíblia do basquete. Estou falando de "Onze Anéis: A alma do sucesso", escrito por Phil Jackson, só pelo fato de ser escrito pelo maior vencedor da história podemos imaginar o potencial.
   Pois bem, o livro apresenta como Phil Jackson ganhou seus anéis como atleta, com os Knicks em 1970 e 1973, como foi sua época de atleta e o seu começo como auxiliar técnico, até ser o técnico que foi. Durante o livro nos é apresentado diálogos com astros, como Jordan, Kobe, comentários de seus atletas e muitos detalhes sobre o campeonatos vencidos. Para quem conhece e teve a chance de ler Cestas Sagradas, em seu novo livro Phil traz mais algumas histórias dos Bulls e explica com detalhes o que fez do time de 95/96 o melhor da história da NBA.
   Também apresenta no livro e debate muito, sobre o Triângulo Ofensivo de Tex Winter, explicando o como foi imprescindível para os títulos de todas as equipes que treinou. E outro fato legal, ele apresenta como trabalhou com a cultura indígena americana, com metitação e o zen budismo para ampliar a mente de seus atletas, e pelo que vemos funcionou muito bem. Vou retratar aqui duas passagens que me marcaram, a primeira onde Phil conta que seu melhor jogador no quesito liderança foi Derek Fisher, pois sabia se posicionar perante os colegas e expor sua opinião, sempre ajudando a equipe. O outro fato é quando ele conta como orquestrou os Bulls de 95/96, onde conta sobre as negociações com Dennis Rodman (peça fundamental dos Bulls, que mudou muito maneira da equipe jogar), as demais trocas e sobre o retorno de Jordan após um ano e meio no beisebol.
   Resumindo, o livro é uma aula de história do basquete, passa por períodos de meditação e culturas diversas, apresenta a essência do esporte e ensina como trabalhar a sua liderança, como ser um líder e como trabalhar a liderança com os demais. É uma ótima leitura e extremamente interessante, recomendo.   
Postar um comentário