quarta-feira, 6 de maio de 2015

Jogo 2 Bulls x Cavs, o que esperar?

Rose decisivo, Lebron abaixo da média
   Como terava que torcedor eu esperava que o Bulls joga-se muito bem contra o Cavs, mas não achava que seria tão "fácil" de vencer. Digo que foi fácil por nunca ter ficado atrás do placar na partida e dominar todas as ações, muito bem na defesa e atacando com precisão.
   O jogo foi um pesadelo para Lebron James e seus colegas, com uma equipe desfalcada, sem Love lesionado e J. R. Smith suspenso, os favoritos do leste não fizeram frente ao Chicago Bulls. A equipe de Chicago entrou no jogo com muita vontade de vencer, com Rose jogando demais e com Myke Dunleavy acertando tudo, abriram 10 pontos de vantagem em poucos minutos de partida. Daí pra frente o jogo foi de altos e baixos, o Cavaliers chegava a 6, 3 pontos e o Bulls abria novamente 10, 12, chegou até 16 e o pior momento da partida foi quando o Cavaliers empatou o jogo no terceiro período.
   Mas foi impressionante o quanto o Bulls soube dominar o jogo, pontuando em todos os momentos em que o adversário queria crescer na partida, mostrando muita frieza. Um fator determinante para a vitória foi o domínio do garrafão, pegando 42 rebotes, sendo que 11 foram ofensivos. Outro fator foi o percentual de aproveitamento dos arremessos, acertando 50% de suas tentativas, 40 cestas em 80 arremessadas. Os destaques do Bulls foram, Rose com 25 pontos e 5 assistências, Myke Dunleavy que acertou 3/4 de três e anotou 14 pontos e 7 rebotes, e claro Pau Gasol com 21 pontos, 10 rebotes e 4 assistências.
Thompson pode ser a chave da vitória
   Aliás, o espaço que foi dado para os jogadores do Bulls arremessar foi incrível, poucas vezes os arremessos foram contestados e isso facilitou para que a diferença se mantivesse. Pelos donos da casa os destaques foram Kyre Irving com 30 pontos e 6 assistências, e Lebron James com 19 pontos e 15 rebotes, o King foi bem marcado e não conseguiu uma boa atuação, acertando apenas 9 de seus 23 arremessos tentados. O Cleveland sentiu muito a falta de Kevin Love e J. R. Smith, mas muito mesmo, jogando com uma formação completamente nova, não se encontraram em quadra e isso facilitou o jogo do Bulls.
   O que esperar para o jogo de hoje? Um Cleveland com muito mais vontade, que vai buscar a vitória a todo custo, pode ser que comece com uma formação diferente, utilizando Tristan Thompson no lugar de Mike Miller, já que o segundo foi titular e não rendeu. Quando Thompson esteve na quadra o jogo no garrafão ficou mais disputado, e dificultou o Bulls. Pelo time de Chicago devemos esperar a mesma pegada, tentando abrir vantagem e jogando em cima do Cavaliers, tentando forçá-los a errar muito. O jogo é hoje na Quicken Loans Arena, em Ohio, e terá transmissão do SporTV.
   
Postar um comentário