segunda-feira, 11 de maio de 2015

Quem com ferro fere...

Buzzer beater
   Na mesma moeda ontem o Chicago Bulls sofreu uma derrota em casa, com um buzzer beater de Lebron James no último lance do jogo a série fica empatada e volta para Cleveland. Em mais um jogo extremamente disputado, o Chicago Bulls acabou cedendo uma vitória para o Cavaliers, na série mais parelha dessa rodada dos playoffs.
   Como diz o velho ditado: "Quem com ferro fere, com ferro será ferido.", fez todo o sentido ontem a noite, a forma como o jogo se desenrolou foi a mesma da partida anterior, e o desfecho também, mas dessa vez para o Cavaliers. Em uma partida disputada desde o primeiro período, com 6 trocas de liderança e onde por 9 vezes estiveram empatados no placar, um jogador foi fundamental para o rumo do jogo. 
   Nem Lebron, nem Rose, os destaques do jogo, falo de Pau Gasol, a ausência do espanhol no garrafão do Bulls dificultou o jogo, pois a equipe perdeu a referência do garrafão e a força, mesmo com Taj Gibson jogando bem, Gasol possuí uma inteligência absurda e sabe administrar o jogo a favor de sua equipe. Sem ele em quadra, o Bulls perdeu na disputa dos rebotes (40 contra 46 do Cavs) e pontuou pouco dentro do garrafão, apenas 32 dos 84 pontos. 
   Os donos da casa chegaram a liderar por 11 pontos, mas com um aproveitamento de arremessos baixo, deixou o Cavaliers empatar o jogo e virar o placar no terceiro período. Nesse mesmo período Lebron torceu o tornozelo, e seguiu a jogar, errando muito e nesse momento J. R. Smith apareceu, acertando praticamente tudo, com bolas de três em sequência fazendo o Cavs empatar e passar a frente. No último período, a 2 minutos para o fim do jogo o Cavaliers liderava por 6 pontos, e o Bulls entrou em uma sequência de arremessos absurda, contando com erros de Lebron, Rose empatou o jogo faltando 8 segundos para acabar. No ataque seguinte Mirotic bloqueou Lebron e o Cavs teve a posse de bola a 1.5 segundos do fim, Lebron se livrou de Jimmy Butler e matou o jogo com um fadeway. 
Lebron resolveu
   Pelo Bulls quem se destacou foi Rose com mais um jogo sensacional, o MVP mais jovem da história voltou e anotou 31 pontos e 4 assistências e Butler com 19 pontos, Joakim Noah dominou o garrafão com 15 rebotes. Para o Cavaliers os destaques foram Lebron com 25 pontos, 14 rebotes e 8 assistências e J. R. Smith com 13 pontos, mas com 50% de aproveitamento dos arremessos de quadra e das bolas de três pontos, mais uma vez Irving sumiu do jogo.
   Agora o quinto jogo será nessa terça-feira em Cleveland, vantagem agora é dos donos da casa, o Cavs deve vencer a partida, mas como a série tem sido resolvida com buzzer beaters podemos esperar tudo. Como torcedor do Bulls eu acredito na vitória, mas somente se conseguir impor seu jogo desde o começo da partida, será um jogo muito físico, pois agora começam a ser jogos de vida ou morte e uma derrota em casa pode acabar com a série.
Postar um comentário