quarta-feira, 20 de maio de 2015

Se aposenta ou não?

Tomara que jogue mais uma temporada
   Não se sabe se é certo ou não, mas a carreira de Paul Pierce pode ter acabado a pouco tempo, com o arremesso no estouro do cronômetro contra o Atlanta Hawks, mesmo que não tenha valido. Pierce e o Wizards viram a sua temporada terminar na sexta-feira passada (15), quando seu arremesso entrou mas por um milésimo de segundo ao estouro do cronometro a bola estava em sua mão. O arremesso foi do vintage Pierce: um misto de dificuldade, impossível e imensurável clutch. A razão pela qual ele está aqui e tudo mais.
   E apesar de uma opção de US $ 5,5 milhões para a próxima temporada, sugere que ele jogue até um futuro não muito longe, 2017, essa jogada pode ser a memória final de Pierce no basquetebol e os fãs devem valorizar. Após a eliminação dos Wizards, Pierce disse que não sabe se vai voltar para 2015-2016, dizendo que sua decisão vai depender de conversas com sua família. "Eu não tenho muito mais desses esforços, se for o caso. Esta corrida em toda a temporada da NBA, ao longo dos Playoffs, são muito emocionais. Eles levam um monte, não só de seu corpo, mas sua mente, seu espírito."
   É inteiramente possível que Pierce não queira sair de um jeito ou de outro, após uma derrota comovente, e ele não seria o primeiro jogador a colocar em dúvida essa questão apenas para voltar mais tarde enfaticamente. Porém Pierce disse também que "ele tinha seu tempo", tem 37 anos e ganhou um valor estimado de US $ 190 milhões como profissional, tornando o ano opção muito menos do que estímulo financeiro. A esperança para os fãs é que Pierce retorne, como ele é uma presença icônica e incrivelmente divertido, isso vem em dobro para os fãs do Wizards, Pierce tem sido fundamental para o desenvolvimento de Otto Porter como jogador, Bradley Beal como trash-talker e os assistentes como uma ameça legítima.
   Ele também continua a ser uma via de duas mãos na combinação de alas eficaz. Em 73 jogos teve média de 11.9 pontos, 4 rebotes e 2 assistências, atingindo 38,9% de aproveitamento dos arremessos de três pontos. Os Wizzards anotavam 5.6 pontos por 100 posses de bola com ele na quadra, e isso aumento muito sobre ele para os arremessos finais nos Playoffs.  
   O técnico Randy Wittman parece convencido de que Pierce tem pelo menos mais um ano sobre seu comando. "Eu adoraria telo de volta. Eu acho que ele quer estar de volta. Eu não sei, eu não vou colocar palavras na sua boca, mas eu ficaria surpreso se ele não o fizesse", disse Wittman. "Eu acho que o que ele viu com esses caras e o coração que esta equipe tem. Por que você não jogaria no final de sua carreira com um grupo como esse?"
O, até o momento, último arremesso da carreira
   Pierce é o 16° maior cestinha de todos os tempos da NBA, e está a 50 pontos atrás do ex-companheiro Kevin Garnett e a pouca distância do Top 10 pode fazer ele jogar mais dois anos. "Caras como ele que são Hall of Famers nunca deixam de surpreender você e eu pensei que ele seria bom para nos elevar este ano. Não só o que ele faz quadra, mas sua liderança e direção que deu no vestiário aos caras. Você não pode treinar isso. Isso é algo que você tem ou não. Ele tem isso. Ele nos deu tudo que tinha nessas duas séries. Nós montamos nele.-disse Wittman"
   Se isso for mesmo verdade, é uma pena encerrar a carreira com um último arremesso que não valeu. 
Postar um comentário