sexta-feira, 31 de julho de 2015

Gasol diz que Bulls aprendeu com seus erros


   O ala/pivô que assinou na temporada passada com o Bulls e anotou 18.5 pontos, 11.8 rebotes e 1.9 tocos por partida, sagrou-se como membro da All NBA Segundo Time, vê que a janela para o título fica aberta para próxima temporada.
   "Temos uma grande oportunidade. Temos uma equipe muito forte. Nós podemos evoluir com o que passamos ano passado. Temos todas as ferramentas para sermos uma equipe muito mais forte e aprender com nossos erros do passado". - disse Gasol a KC Johnson do Chicago Tribune, por conferência telefônica de Joanesburgo, África do Sul.
   Gasol, era um dos dois jogadores da equipe a ter vencido um campeonato da NBA (Nazr Mohammed, raramente utilizado é o outro), falou sobre o que esses erros eram: "Nós eramos uma equipe com altos e baixos. Mesmo terminando em terceiro na conferência, tivemos uma grande quantidade de jogos que simplesmente não estávamos prontos para jogar. Pagamos pela falta do senso de urgência. Nós jogamos eu um nível alto na pós-temporada. Mas ter a vantagem de decidir em casa é um grande negócio, sabendo que essas equipes são parelhas. Com sorte, vamos aprender o quão importante cada jogo é durante a temporada e que diferença isso faz no final do ano".
   Havia como sempre, uma série de fatores além do controle do Bulls. Um núcleo que parecia prestes a desafiar qualquer equipe da Conferência Leste que emprega-se Lebron James, mas se viu frustrada a cada rodada e na última temporada teve mais do mesmo. Uma série de lesões devastadoras, o sumiço da explosão de Rose, o declínio acentuado e repentino de Joakim Noah, e uma novela prolongada envolvendo o escritório da franquia e, o agora, ex-técnico Tom Thibodeau, ajudou a colocar o Bulls em um ambiente familiar, uma queda na segunda rodada dos Playoffs.
   Gasol parece ter chegado a um consenso sobre a partida de Thibodeau. "É sempre difícil ver um técnico ser mandado embora, especialmente depois que Tom tinha trabalhado anos com a equipe. Mas você entende porque isso aconteceu. A organização tinha de tomar uma posição. Foi uma tarefa difícil. Estamos todos tentando dar a equipe uma chance melhore de ganhara um campeonato".
   E com Fred Hoiberg comandando a equipe, Gasol está animado sobre o que ele antecipa, uma injeção muito necessária, de liberdade ofensiva. "O ataque não foi realmente um dos nossos problemas ano passado, mas temos de utilizar e jogar com um melhor fluxo ofensivamente. Com Fred teremos mais liberdade para jogar em transição e explorar nossas capacidades como indivíduos, e como uma equipe. Mas também temos que compreender que defesas ganham campeonatos. Não podemos negligenciar esse lado".
   Sou suspeito para falar do Bulls pois torço para eles, mas realmente o ano passado foi para percebermos que precisamos melhor no ataque. Infelizmente Rose não é mais o mesmo, ainda jogando em alto nível e sendo decisivo, não tem mais a sua explosão absurda, o Noah decaiu de uma maneira patética e nosso ataque não foi uma maravilha. Mas uma coisa eu sei, o Bulls defende demais, e com a evolução de Jimmy Butler e a chegada de Fred Hoiberg, o ataque do Bulls vai evoluir e assim tornar-se uma unidade coesa. 
   Se tudo der certo, se as lesões não nos atrapalharem, vejo o Bulls como uma equipe forte para a temporada, mas aina não será nesse ano que o título virá, talvez em dois três anos estejamos lutando por mais um troféu Larry O'Brien.

Postar um comentário