quinta-feira, 20 de agosto de 2015

As 10 piores atuações de estrelas nas Finais da NBA

Dennis Johson, a pior atuação de uma estrela em finais

   Legados são definidos pelo que você faz nas Finais da NBA. Alguns jogadores fenomenais nunca ganharam um título, mas os caras que consideramos os melhores tem pelo menos alguns anéis. 
   As Finais sempre apresentam o grande poder da estrela de uma equipe, as últimas finais da NBA sem Lebron, Kobe, Shaq, Duncan, Jordan, ou Olajuwon foram nos anos 90, mas ainda tínhamos o grande Isiah Thomas com os Pistons.    Esperamos que esses grandes nomes joguem o seu melhor no palco principal, mas nem sempre é assim. Quando você chega as finais tantas vezes quanto esses caras, você têm uma noite ou mesmo uma série em baixa.
   Aqui estão 10 das piores performances de estrelas da NBA em Finais.
   10° Ray Allen, 2010, Jogo 3: Ray Allen é conhecido mais por ser um heróis das finais do que um tolo, mas em 2010 o seu desempenho no Jogo 3 contra os Lakers custou a sua equipe uma vitória crucial. Allen arremessou 0-13 de quadra e 0-8 de três, marcando seus únicos dois pontos em lances-livres, nos seus 42 minutos em quadra. Se tivesse acertado alguns desses arremessos, a vitória apertada contra o Lakers teria sido mais fácil. 
   9° Reggie Miller, 2000, Jogo 1: Depois de cair para os Bulls de Jordan e os Knicks nos Playoffs, Reggie finalmente chegou as finais com os Pacers em 2000. Indiana caiu em seis jogos, mas o tom foi estabelecido com uma péssima atuação no Jogo 1 das finais de Mileer. Em seus 41 minutos em quadra errou todos os arremessos de três que tentou e acertou 1 em 16, onde o Lakers venceu por 17 pontos de diferença.
   8° Karl Malone, 2004: Malone jogou bravamente nas finais da NBA de 1997 e 1998 quando seu Utah Jazz chegou apenas perto em cada ocasião contra o Chicago Bulls. O Mailman levou seis anos para voltar as Finais, desta vez com um Lakers carregado de estrelas com Kobe, Shaq e Payton. Os Lakers que facilmente tinham vantagens sofreram em cinco jogos contra o Detroit Pistons, e Malone foi sofreu muito. Durante a série final, Malone antou 5 pontos por jogo e sumiu por longos períodos de tempo.
   7° Stephen Curry, 2015, Jogo 2: Voltamos as Finais desse ano, onde todos achavam que Curry iria figurar com seus arremessos de três contra o Cavs, assim como tinha feito com os adversários da Conferência Oeste. Esse não foi o caso no Jogo 2, onde errou 13 arremessos de 3, e terminou o jogo com 21,7% de aproveitamento dos seus arremessos. Curry respondeu a essa miserável atuação vencendo o Jogo 5, e eventualmente ganhou seu primeiro título da NBA em seis jogos.
   6° Russell Westbrook, 2012, Jogo 5: Westbrook levou o Thunder a vitórias emocionantes com frequência, mas no Jogo 5 das Finais da NBA de 2012, ele teve uma atuação horrorosa que estendeu a série contra o Heat. Enquanto Lebron e o Heat estendiam a sua liderança, Russell continuava perdido arremesso após arremesso, correndo para um recorde de 4-20.
   5° Kobe Bryant, 2010, Jogo 7: Se o Lakers não vencessem o Jogo 7 todos nós não esqueceríamos que Kobe teve um dos piores desempenhos de uma estrela nas Finais. Ele acertou apenas 6-24 dos arremessos de quadra, com um número de erros que fez seus companheiros coçarem a cabeça. Felizmente para Kibe, Gasol e Artest tiraram folga também, enquanto o Celtics marcava.
   4° Kenyon Martin, 2003, Jogo 6: Kenyon Martin foi da equipe All-Rookie 2003 e All-Star em 2004, mas seu desempenho nas finais contra os Spurs em 2003 ainda é incompreensível. Especialmente no Jogo 6, onde Martin acertou 3 arremessos em 23 com o Spurs sendo campeão 88 a 77.
   3° Lebron James, 2007: Os Cavaliers foram gigantes na temporada 2007, como cachorros grandes, e jogou com um dos grandes que lhe varreu, o San Antonio Spurs. Os Cavs contaram com Lebron para levá-los as finais, mas os Spurs contavam com um sistema de jogo para pará-lo. Lebron acertou apenas 35,6% dos arremessos e 20% das bolas de três, para toda a série. No Jogo 1 Lebron jogou 44 minutos, mas acertou apenas 4 de 16 arremessos. 
   2° John Starks, 1994, Jogo 7: John Starks foi o melhor jogador do New York Knicks ao lado de Patrick Ewing , no inicio e meados dos anos 90. Juntos levaram sua equipe para uma vantagem de 3 a 2 contra os Rockets em 1994, antes de tudo se desfazer. Depois de uma derrota apertada no Jogo 6, Starks errou 11 arremessos de três, acertando 2 em 18 tentados na derrota dos Knicks por 90 a 84.
   1° Dennis Johson, 1978, Jogo 7: Antes juntar forças com Larry Bird e os Celtics, para grande parte dos anos 80, Dennis Johnson era uma estrela dos SuperSonics que chegou as finais em 1978 e 1979. Johson ganhou seu primeiro título em 1979, mas poderia ter tido outro se tivesse jogado bem o jogo 7 de 1978. Com o campeonato sendo decidido, Johson não acertou nenhum arremesso, 0 de 14, e os Sonics perderam para o Washington Bullets por apenas 6 pontos.
Postar um comentário