sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Paul George quer reerguer os Pacers

All-Star retorna para toda a temporada de 2015/16

   Voltando no tempo, em fevereiro de 2014, Lebron e seus amigos All-Star (conhecidos como Miami Heat), enfrentaram um sério desafio, o Indiana Pacers. Essa força que surgia se despedaçou logo em seguida, em grande pate devido a supostas questões de  química envolvendo o volátil Lance Stephenson e a bizarra queda de produção de Roy Hibbert que era um dos melhores defensores do garrafão da NBA.
   Os Pacers obrigados a cair para contenção na última temporada após um final de temporada decepcionante, principalmente com a fratura na perna de Paul George em uma partida de exibição da seleção dos Estados Unidos, o que fez os Pacers caírem. Enquanto seu retorno no final da temporada impressionou, já que era esperado que ficasse de fora de todos os jogos, George teve atuações limitadas e não contribuiu mais do que um role player.
   É justo esperar mais de George nessa temporada, afinal já faz alguns meses que está recuperado, e aos 25 anos, poderia vir para uma melhoria considerável em seu jogo. O George que estamos acostumados a ver em uma temporada completa, flertou com uma vaga no All-NBA Primeiro Time e teve médias de 21.4 pontos, 6.8 rebotes, 3.5 assistências e 1.9 roubos de bola, com uma excelente defesa. Jogadores que atuam em duas posições com qualidade são extremamente raros, e uma recuperação completa de George dará aos Pacers uma vantagem em um contra um, o que pode ajudar nos Playoffs.
   A temporada de George pode ser um sucesso, mesmo que os Pacers não atinjam todas as suas metas, ele é jovem e ainda tem tempo para atingir o seu potencial considerável. De certa forma, se ele não mostrar tudo que pode, ainda assim deve ser considerado para o All-Star Game. No entanto, o âmbito de seu retorno tem um impacto imediato,o que pode determinar o que virá a acontecer na Conferência Leste.
   A volta de George não torna os Pacers favoritos, mas já ira melhorar o nível da equipe. Com certeza ele deve voltar com muita gana de jogar, uma temporada praticamente toda de molho deve ter aumentado a motivação dele, e com certeza ele quer provar pra todos que ainda pode ser aquela estrela que complicou Lebron e o Miami Heat.
Postar um comentário