quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Noah deve ser reserva

De Jogador de Defesa do Ano a reserva

  O foco singular de Joakim Noah em ajudar o Chicago Bulls "ganha muito", e este ano pode envolvê-lo em aceitar um novo papel.
   O novo treinador, Fred Hoiberg colocou Joakim Noah na segunda equipe para um jogo de pré-temporada na última terça-feira, e já soa como algo que será empregado no Chicago Bulls nessa temporada. Hoiberg aparentemente gosta de Noah e Gibson vindo juntos do banco para equilibrar as duas unidades, observando a equipe tem outros defensores bons na equipe principal, possivelmente essa opção venha para encobrir as limitações defensivas do par Nikola Mirotic e Pau Gasol.
   "Com três caras de perímetro que são bons defensivamente Kirk (Hinrich), Jimmy (Butler) e Tony (Snell), é uma boa programação. E então saio do banco com Doug (McDemortt), Taj e Jo, é uma boa mistura, acredito eu."- disse Hoiberg ontem.
   Enquanto essa ideia é boa no papel, os jogos ainda são decididos na quadra, e Hoiberg terá que gerenciar minutos e mexer com o ego de um ex-Jogador Defensivo do Ano para atuar como um reserva. A química e conforto que as respectivas formações de linha demonstravam deve ajudar a esse respeito, e Noah está atuando publicamente como o bom soldado.
   "Tudo que for melhor para a equipe. Não se trata de mim agora. É sobre esta equipe." - disse Noah.
   Noah não teve a sua melhor pós-temporada, com médias de 5.6 pontos, 8 rebotes e 2.2 assistências, com 26,7% de aproveitamento em cinco jogos. Na última temporada Noah teve médias de 7.2 pontos, 9.6 rebotes, 4.7 assistências e 1.1 tocos, bem abaixo de suas médias dos últimos cinco anos 11.5, 10.8, 3.4 e 1.6 respectivamente.  Será que vindo do banco ele vai ser mais produtivo? Talvez mais descansado consiga ser mais intenso na marcação, e esse é o diferencial do seu jogo, podendo assim contribuir mais com os Bulls e voltando a jogar em nível de All-Star.
Postar um comentário