sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Históricos


   Hoje farei um post que vai gerar discussão, o que vai ser muito bom. Ontem a noite conversando alguns colegas sobre basquete, entramos em uma discussão sobre as franquias mais históricas da NBA, não mais antigas, mais HISTÓRICAS.    O que quero dizer com isso: franquias que tem um peso enorme por títulos conquistados, jogadores que atuaram, administração de qualidade por longos períodos, muitos fãs, etc.
Antes de começar, deixo bem claro que torço para o Chicago Bulls, caso alguém ainda não soubesse disso, e propus uma discussão sem clubismo. Minha lista são com as três franquias, que considero as com maior história na liga.
   3° Lugar: Chicago Bulls: Sim, é o time que eu torço, mas sou consciente a ponto de reconhecer que a história do Bulls não é tão imensa assim. O Bulls possuí 6 títulos na NBA, todos na era Jordan, que é o maior de todos os tempos e graças a ele a franquia é tão reconhecida e tem um número elevado de torcedores pelo mundo. Podemos dizer sem medo de errar, que o Chicago Bulls entrou no mapa do basquete em 1985 quando Jordan começou a jogar, e mudou totalmente a cara da franquia. 
   Os Bulls foram fundados em 1964 e começaram suas atividades em 1966. A franquia possuí 7 jogadores no Hall da Fama: Nate Thurmond, George Gervin, Artis Gilmore, Robert Parish (brilhou nos Celtics), Michael Jordan, Scottie Pippen e Dennis Rodman. Têm aposentados o número 17 de Víctor Mandato, o 10 de Bob Love, 23 do Jordan e 33 do Pippen, além de Phil Jackson, Johnny Kerr e Jerry Krause, que foram técnicos ou gerentes da franquia. Teve na história 15 jogadores selecionados para o All-Star Game. 
Atualmente têm uma temporada inconsistente, com mais vitórias que derrotas, mas sem convencer os seus torcedores.
   2° Lugar: Boston Celtics: A histórica franquia de Larry Bird, que já foi uma franquia muito dominante com 11 títulos consecutivos e com jogadores de habilidade absurda. Os Celtics são a franquia mais vitoriosa da NBA com 17 títulos, mas títulos não são tudo na história. Foi fundada em 1946 e é uma das poucas franquias que se mantêm em atitude desde então, foi dominante nos anos 50 e 60, depois ganhou mais dois títulos na década de 70, dois na década de 80 e a última conquista em 2008.
   Os Celtics possuem 21 números aposentados 00 - Robert Parish, 1 - Walter Brown, 2 - Red Auerbach, 3 - Dennis Johnson, 6 - Bill Russell, 10 - Jo Jo White, 14 - Bob Cousy, 15 - Tom Heinsohn, 16 - Satch Sanders, 17 - John Havlicek, 18 - Jim Loscutoff, 18 - Dave Cowens, 19 - Don Nelson, 21 - Bill Sharman, 22 - Ed Macauley, 23 - Frank Ramsey, 24 - Sam Jones, 25 - K. C. Jones, 31 - Cedric Maxwell, 32 - Kevin McHale, 33 - Larry Bird e 35 - Reggie Lewis. A franquia teve algumas eras, entre 50 e 57 Bob Cousy e o técnico Red Auerbach, entre 57 e 69 a era de Bill Russell, de 1979 a 1992 a era de Larry Bird e entre 1998 e 2007 Paul Pierce era quem comandava a franquia.
   Durante todas essas eras os Celtics conquistaram algum título, com isso somam-se 33 atletas, dirigentes ou técnicos membros do Hall da Fama e podemos tentar medir a grandeza dessa incrível franquia. Que vive um momento de reconstrução, depois da saída de seu Big-Three de 2008, Ray Allen, Paul Pierce e Kevin Garnett ainda procura se encontrar.
   1° Lugar: Los Angeles Lakers: Antes que pensem em algo, eu sei que os Lakers tem menos títulos que os Celtics, mas foi a primeira franquia da história a ter uma dinastia, teve grandes nomes como jogadores, possuí um semi-Deus que vai se aposentar nessa temporada e criou o aspecto do show time  na década de 80.
   Os Lakers foram fundados em 1947, primeiramente em Minneapolis onde residiram até 1960, quando a franquia foi comprada e mudou-se para Los Angeles. George Mikan, Slater Martin, Jerry West, Wilt Chamberlain, Elgin Baylor, Gail Goodrich, Kareem Abdul-Jabbar, Magic Johnson, James Worthy, Shaquille O'Neal e vários outros, além de grandes técnicos como John Kundla, Bill Sharman, Pat Riley e Phil Jackson. A franquia possuí 16 títulos da NBA, um a menos que seus maiores rivais os Celtics, mas tem 33 títulos de divisão e 31 títulos de conferência. 
   A franquia é conhecida por ter grandes nomes como pivôs, George Mikan, Shaquille O'Neal, kareem Abdul-Jabbar e Wilt Chamberlain, são talvez os melhores pivôs da história e todos fizeram sucesso nos Lakers. Além disso, tiveram Jerry West, um dos grandes nomes do basquete, cuja silhueta é o símbolo da NBA, tiveram Magic Johnson muito dominante em seu tempo, chegou na NBA vencendo um título e jogando em todas as cinco posições da quadra, e ainda têm Kobe Bryant que dispensa elogios. 
   Os jogadores que têm seus números aposentados são: 13-Wilt Chamberlain, 22 Elgin Baylor, 25-Gail Goodrich, 32-Magic Johnson, 33-Kareem Abdul-Jabbar, 34-Shaquille O'Neal, 42-James Worthy, 44-Jerry West e 52-Jamaal Wilkes, além de um baner em homenagem a Chick Hear locutor do estádio. Além claro de Kobe, que terá um de seus números aposentados ou o 8 ou o 24, pelo que fez a franquia, com os cinco títulos que conquisto merecia aposentar ambos. Os Lakers possuem 23 atletas, dirigentes ou técnicos no Hall da Fama, mostrando o quão dominantes foram.
   Na temporada 1971-72 fizeram história, comandados pelo lendário treinador Bill Sharman conquistaram 33 vitórias consecutivas, que ainda é o recorde entre todas as ligas americanas. Na era de Magic Johnson, no fim dos anos 70 e anos 80, os Lakers tinham um aspecto de show time, com muita dominância sobre seus adversários. Sob o comando do vitorioso técnico Pat Riley, o time conquistou 5 campeonatos, sendo 3 desses, contra o grande rival Boston Celtics. Magic também conquistou 6 prêmios de MVP da temporada e Abdul-Jabbar assumiu o posto de maior cestinha da história da NBA. Além disso, os três maiores cestinhas da história foram Lakers, Kobe (3°), Karl Malone (2°) e Abdul-Jabbar (1°), bem verdade que Malone atuou apenas uma temporada, mas foi um Laker.
   Eu não sei vocês, mas para mim esses são os times com maior história na liga.
Postar um comentário