domingo, 24 de abril de 2016

Heróis do passado: Stephon Marbury

Primeira equipe na NBA
   Hoje nossa série vi relembrar a carreira de um grande armador que passou pela NBA, fez muito sucesso nos anos 2000 e ainda joga basquete profissional na China. Contaremos hoje um pouco da trajetória de Stephon Marbury, muito conhecido por seus tempos de Phoenix Suns e New York Knicks.
   Marbury, também conhecido por Starbury em sua juventude, nasceu e foi criado em Coney Island bairro do Brooklyn em Nova Iorque. Ele foi uma estrela da Abraham Lincoln High School, sendo nomeado após seu último ano como Mr. Basketball do Estado de Nova Iorque, sendo diversas vezes anunciado como o próximo grande armador de Nova Iorque a ter sucesso na NBA, seguindo os passos de Mark Jackson e Kenny Anderson.
   Em 1995 foi nomeado All-American juntamente com vários futuros atletas da NBA (Kevin Garnett, Paul Pierce, Shareef Abdur-Rahim e Antawn Jamison), sendo colocado no TOP 5 para o recrutamento. Ele foi fortemente seguido por Georgia Tech, principalmente pelo treinador Bobby Cremins, eventualmente ele assinou com a universidade. Em Georgia Tech atuou por apenas um ano, onde teve médias de 18.9 pontos, 4.5 assistências e 1.8 roubos de bola por partida, levando a equipe a um recorde de 24-12 e as Semifinais da Regional, onde perderam para Cincinnati. Após essa temporada ele tornou-se elegível para o Draft.
   Sua carreira na NBA começou em 1996 quando foi a 4° escolha do Draft, selecionado pelo Milwaukee Bucks, sendo imediatamente trocado para o Minnesota Timberwolves por Ray Allen e uma escolha de primeira rodada. Em sua primeira temporada teve médias de 15.8 pontos e 7.8 assistências, sendo nomeado para o All-Rookie Primeiro Time. Formando dupla com Kevin Garnett, levaram os Wolves aos Playoffs em 1997 e 98. Na temporada de 1999, encurtada pelo lock out o agente de Marbury exigiu uma troca, disse que o atleta queria ficar mais perto de casa, alguns falam que eram por questões de patrocínio, outros por não gostar de Minnesota e tem quem diga que foi por conta do contrato oferecido a KG. Fato é que ele foi negociado e acabou indo jogar no New Jersey Nets, em um acordo que mobiliou três franquias.
Grandes momentos na carreira foram no Nets
    Nos Nets teve grandes momentos de sua carreira, foi All-Star, anotou a pontuação mais alta da carreira, 50 pontos, mas mesmo com toda essa pompa por suas ações individuais, a franquia de New Jersey nunca chegou aos Playoffs. Em 2001 foi trocado para o Phoenix Suns, lá fez um bom trio com o novato do ano Amar'e Stoudemire e Shawn Marion, chegando aos Playoffs mas foram varridos pelos Spurs na primeira rodada.
   Em 2004 foi para um novo time, New York Knicks, finalmente em casa, franquia que torcia e cidade natal. Na temporada de 2005/06 teve problemas com o treinador Larry Brown, que foram cruciais para ao final da temporada, aliado ao mau desempenho da equipe, culminar com a demissão de Brown. Na temporada seguinte, Marbury se firmou como peça chave para a evolução da equipe, que melhorou em 23 vitórias o seu recorde. Na temporada 2007/08, logo de início foi conturbada, com Marbury e Isiah Thomas atual treinador, tendo problemas de relacionamentos que afetariam o andamento da temporada. Em abril de 2008 Isiah Thomas foi demitido, perdendo suas funções de diretor e presidente, sendo substituído por Mike D'Antoni. Com a chegada do novo treinador a franquia assinou com Chris Duhon, o que aparentemente acabaria com a titularidade de Marbury, o treinador lhe propôs jogar 35 minutos por jogo, mas ele se recusou e foi proibido de assistir aos treinos e jogos do New York Knicks.
Nova vida na China
   Sendo assim, em 2009 após muitas especulações tornou-se membro do Boston Celtics, onde assinou um contrato de um ano no valor mínimo de um veterano. Marbury não concordava com o contrato, e mais tarde na temporada disse que iria tirar um ano para atender seus interesses comerciais. Sua carreira na NBA se encerrou aqui, em janeiro de 2010 assinou com o Shanxi Zhongyu Brave Dragons, da CBA (Associação Chinesa de Basquete), em 2011 foi para o Foshan Dralions e desde 2011 atua no Beijing Ducks onde foi três vezes campeão e MVP da liga na temporada 2014-15.
   Mesmo ainda em atividade, Marbury merece ser lembrado por seus feitos na NBA, seu estilo de jogo arrojado e sua visão de jogo, seu lance no All-Star Game contra Vlade Divac é incrivelmente lembrando. Ele foi 2 x All-Star, 2 x All-NBA Terceiro Time, 3 x Campeão da CBA, 6 x CBA All-Star e CBA MVP das finais de 2015. Abaixo um vídeo sobre sua carreira e um vídeo com sua jogada histórica.





Postar um comentário