quinta-feira, 14 de abril de 2016

Just Kobe

60 pontos no último jogo, maior marca do ano e melhor jogo de aposentadoria da história da NBA

   Ontem a noite fiz um texto sobre o Kobe, sua importância e o que fez pelo basquetebol. Pois bem, hoje decidi fazer um texto com o que os jogadores que o viram, jogaram com ele tinha a dizer sobre sua carreira e o que Kobe significou para o basquetebol. Escolhi quatro depoimentos, e o que mais achei legal foi o de Wade, nele se pode notar como o Black Mamba foi dedicado ao basquete, o quão alto o seu nível de competitividade o tornou um cara único.

   "Eu sinto – e eu conversei isso com o LeBron quando ele se tornou o melhor jogador da NBA – que o Kobe é o maior jogador da nossa era. Eu me lembro do verão de 2008. A seleção tinha acabado de ser convocada para os treinos das Olimpíadas de Pequim. Nós estávamos em Las Vegas, e nós todos fomos tomar café antes do treino e o Kobe apareceu com gelo nos joelhos. Ele estava todo suado com roupa de treino e eu pensei 'são oito da manhã, de onde esse cara tá vindo?' Todo mundo tinha acabado de acordar e o Kobe estava treinando há umas três horas. E isso aconteceu dez dias depois dele ter perdido para o Boston nas finais! Aquilo marcou todos nós. Não existem mais pessoas como o Kobe Bryant. Existem bons novos jogadores, mas nunca mais haverá um outro Kobe.'' (Dwyane Wade)
 
   Querido Kobe, Por 20 anos, eu o vi dominar o jogo de basquete. Do Grande Western Forum para o mundialmente famoso Staples Center, você dedicou sua vida para se tornar um dos maiores jogadores desse jogo que eu vi. Através do seu compromisso com o sucesso, excelente ética de trabalho e atitude vencedora, a cada ano você aperfeiçoou suas habilidades além das expectativas. Você é um exemplo para seus companheiros de time e fãs pelo mundo, através de suas realizações extraordinárias na quadra e extensos esforços filantrópicos fora dela. Como um pentacampeão da NBA, 18 vezes NBA All-Star, MVP da NBA e duas vezes MVP das finais, você liderou sua equipe como exemplo e lhe mostrou como alcançar a grandeza. Como um membro que esteve 15 vezes em todos os times da NBA e 12 vezes no time de melhores defensores, você continuou dando o seu máximo, mas não parou por aí. Você conseguiu a marca de segundo maior pontuador em um só jogo, com 81 pontos, e se tornou o terceiro na lista de pontuação de todos os tempos da NBA, para sempre gravar seu nome na história da NBA. Toda noite que você jogou, eu não podia esperar para assistir sabendo que iria testemunhar um arremesso inacreditável ou um movimento que nunca tinha visto na quadra. Fiquei maravilhado com as habilidades e adorei a energia que você trouxe para o jogo vestindo o uniforme roxo e dourado. Você nunca decepcionou a cidade, os fãs dos Lakers, e os fãs de basquete em todo o mundo. Tudo o que você se importava era ganhar jogos e campeonatos e é por isso que tantas pessoas amam você. Você vai entrar na lista de lendas dos Lakers e para o Hall da Fama. A camisa deles estão penduradas orgulhosamente nas vigas do Staples Center e, em breve, a sua vai brilhar ao lado; de Gail Goodrich, Jerry West, Elgin Baylor e Wilt Chamberlain até Kareem Abdul Jabbar, Jamaal Wilkes, James Worthy e Shaquille O'Neal. Muito poucas pessoas mudaram o jogo de basquete, mas você vai ser reconhecido como um deles ao lado dos meus companheiros de "Dream Team" (Times dos Sonhos), Larry Bird e Michael Jordan. Eu aproveitei cada minuto da sua carreira. Obrigado por todas as memórias fantásticas. Nunca haverá outro Kobe Bryant! Atenciosamente, Earvin "Magic" Johnson.
 
   "Os primeiros anos foram uma transição difícil para ele (Kobe) e todos os companheiros. Ele era orgulhoso, tinha um ego grande, um talento enorme e achou que poderia ser o melhor na NBA. Eu não tentei mudá-lo. O que tentei fazer foi ajudá-lo a fazer parte do time. Um jogador tem de acreditar nos companheiros. Se Shaq e Kobe tivessem ficado 20 anos juntos, poderiam ter conquistado mais uns dez campeonatos" (Ron Harper, ex-jogador e cinco vezes campeão da NBA).
 
   "Você (Kobe) foi de grande ajuda para o jogo de basquete. Você ajudou a NBA, a promovê-la. Tem fãs por todo o mundo. E eu sou um grande fã e ainda amo vê-lo jogar. Estou muito, muito feliz por ver o que você conquistou no jogo. E quero ver o que você vai fazer no futuro" (Michael Jordan, o maior jogador de basquete de todos os tempos).
Postar um comentário