terça-feira, 3 de maio de 2016

5 erros de arbitragem em 13,5 segundos

Último lance de uma partida muito disputada

   Arbitragem nos Playoffs da NBA sempre são polêmicas, não vou entrar em méritos nem nada do tipo. Andadas e faltas são os erros mais comuns, e obviamente os que mias indignam os fãs pelo mundo. Sobre ontem apenas vou relatar aqui os fatos que a própria entidade (NBA) listou dos segundos finais do jogo entre Oklahoma City Thunder e San Antonio Spurs.
   Hoje os árbitros da partida, que terminou 98 a 97 para o Thunder fora de casa, e empatou a série em 1 a 1, foram alvo de muitos questionamentos em torno da quantidade de infrações que passaram desapercebidas nos segundos finais. A lista a seguir contém as cinco infrações ignoradas:
13.5 segundos: Atraso de jogo de Manu Ginobili
13.5 segundos: Falta de ataque de Dion Waiters
13.5 segundos: Falta pessoal em Pat Mills
13.5 segundos: Falta pessoal de Kawhi Leonard
2.3 segundos: Falta no arremesso em Sergie Ibaka
   O árbitro principal da partida, Ken Mauer, falou sobre as controversas escolhas admitindo erro na segunda infração, um empurrão claro de Dion Waiters sobre Manu Ginobili. A Associação Nacional de Árbitros de Basquete divulgou uma declaração comprometendo-se a incorporar essas faltas nas futuras formações. 
   Aqui vejo um erro na declaração, essas faltas já estão nas regras do basquete a muito tempo, o que faltou no momento foi atenção ou até mesmo coragem de marcar alguma delas. O assunto arbitragem é muito controverso, infelizmente algumas vezes são determinantes nas partidas, o que vimos foi uma sucessão de erros que culminou em uma derrota dos Spurs. Erros sempre vão existir, isso faz parte do basquete e do esporte em geral, mas isso não tira a responsabilidade dos autores dos fatos, não sei o procedimento da NBA, mas esses árbitros de ontem necessitariam de uma punição e talvez uma reciclagem para não cometerem os mesmos erros.  
Print mostra infrações
   Todo ano alguma equipe é apontada como protegida da arbitragem, mas não foi o caso ontem, os erros foram visíveis e para ambos os lados, o que demonstra talvez falta de atenção ou competência das zebras.
Postar um comentário