domingo, 1 de maio de 2016

Heróis do passado: Steve Francis

Maryland o primeiro passo
   Vamos contar hoje a história de Steve Francis, um grande armador da NBA nos anos 2000, um atleta com muita habilidade, com um drible assassino, atleticismo invejável nas suas enterradas, jogadas de streetball, tudo fazia parte do show. Aqui nossa singela homenagem a sua trajetória.
   Steve Francis nasceu e foi criado em Takoma Park, Maryland. Após a morte de sua mãe por conta de um câncer em 1995, foi criado pela avó e parou de jogar basquete por dois anos. No basquetebol universitário já fez história, jogou por San Jacinto College do Texas em 1996/97, e no Aleganny College of Maryland em 1997/98, tornando-se o primeiro jogador a jogar em duas equipes invictas no Campeonato Nacional. Depois foi transferido para Maryland em 1998, na sua temporada júnior, com sua chegada a equipe deu uma impulsionada e terminou em 5° na pré-temporada. A equipe chegou a segunda posição no país, terminando em segundo no torneio ACC e ele foi nomeado para All-ACC primeiro time e All ACC Equipe do Torneio. Chegaram ao torneio da NCAA mas perderam no Sweet 16 para St. John's. Após essa temporada, mesmo dizendo que provavelmente voltaria a Maryland, optou por se inscrever no Draft.
Seu jogo agressivo chamava atenção
   Sua carreira na NBA começou em 1999, quando foi a segunda escolha do Draft pelo Vancouver Grizzlies. Ele anunciou publicamente que não queria jogar pela franquia, citando a distância de sua casa, impostos, e a vontade de Deus. Fortemente criticado por suas brincadeiras, principalmente em Vancouver, ele pensou em juntar-se a franquia, mas negociações conturbadas com a franquia e um incidente no Aeroporto de Vancouver o convenceu de uma troca. Ele conseguiu uma troca, a maior da história na época, envolvendo 11 jogadores e 3 equipes, levando-o para o Houston Rockets.
   Com os Rockets terminou a temporada como novato do ano, dividindo o título com Elton Brand e foi vice-campeão de enterradas, mas os Rockets tiveram um recorde de 38-48. Na temporada seguinte melhoram o recorde, chegando a 45-37 mas novamente perdendo a pós-temporada. EM sua terceira temporada foi eleito All-Star, mas acabou atuando em apenas 55 partidas por conta de uma lesão no pé e recorrentes enxaquecas. Por conta disso o recorde da franquia foi 28-54, lhe rendendo a primeira escolha do Draft de 2002, Yao Ming. A dupla fez sucesso e no All-Star Game de 2003 atuaram juntos, mas ainda assim a equipe não chegou aos Playoffs.
   O treinador Rudy Tomjanovich deixou o cargo, e Jeff Van Gundy assumiu o cargo, mas o estilo do treinador não condizia com o seu jogo, reduzindo suas médias de 21 pontos, 6.2 rebotes e 6.2 assistências, para 16.6 pontos, 5.5 rebotes e 6.2 assistências. Os Rockets chegaram aos Playoffs pela primeira vez desde 1999, que seria a única experiência na pós-temporada de Steve Francis, mesmo com médias de 19.2 pontos, 8.4 rebotes e 7.6 assistências, os Rockets foram eliminados pelos Lakers em cinco jogos. Com a relação de Francis e Van Gundy deteriorada, ele foi negociado com mais dois companheiros para o Orlando Magic.
Uma troca inesperada
   Primeiramente Francis estava descontente, mas logo se adaptou ao novo ambiente. Tinha médias de 21.3 pontos, 5.8 rebotes e 7 assistências, com a equipe começando muito bem a temporada, mas Francis se irritou com a troca de seu amigo Cuttino Mobley, a equipe desandou e perdeu os Playoffs. Na temporada seguinte o descontente Francis foi suspenso por conduta prejudicial para a equipe, e o ano foi inteiro de especulações sobre sua saída. Na temporada seguinte foi para o New York Knicks, ele estreio dia 24 de fevereiro e após alguns jogos sofreu uma lesão recorrente, uma tendinite no joelho direito, retornando somente em fevereiro de 2007 a jogar. Na noite do Draft foi envolvido em uma troca, acabando como agente livre irrestrito.
   Com isso, Miami Heat, Los Angeles Clippers, Dallas Mavericks e Houston Rockets o queriam. Ele optou por assinar com o Houston Rockets, no entanto não conseguiu se adaptar a rotação de Rick Adelman e teve médias de 5.5 pontos e 3 assistências em 10 partidas antes de o quadríceps esquerdo por conta de uma lesão. Ele usou sua opção de contrato e voltou para a temporada 2008/09, ele emagreceu nos treinamentos, mas não conseguiu se recuperar de uma lesão e não jogou no começo da temporada. Dia 24 de dezembro de 2008 foi negociado para o Memphis Grizzlies, sendo dispensado no dia 27 de janeiro de 2009 sem nunca ter atuado. Em 2010 atupu na Liga Chinesa de Basquete, em 14 partidas pelo Beijing Ducks, depois deixou a equipe em dezembro e retornou aos EUA.
   Francis foi um grande nome na liga, um jogador muito conhecido nos anos 2000, um cara que encantava por seu estilo de jogo e marcou seu nome na liga. Terminou a carreira como 3 x All-Star, Novato do Ano e All-Rookie Primeiro Time, com médias de 18.1 pontos, 6 assistências e 5.6 rebotes.
   
Postar um comentário