terça-feira, 10 de maio de 2016

Muito promissor

   
2° colocado na votação de MVP, DPOY, o futuro promete
   Hoje Stephen Curry tornou-se o primeiro MVP unânime da história, mas não é sobre ele que vou tratar. Meu texto vai exaltar o segundo colocado desse ano, o jovem Kawhi Leonard que continua em uma constante evolução e que com certeza será uma estrela da liga, um dos grandes nomes.
   Kawhi foi eleito nessa temporada, a segunda consecutiva, como o Jogador de Defesa do Ano, desbancando Hassam Whiteside, Draymond Green, DeAndre Jordan, entre outros. Além disso, conseguiu aumentar sua média de pontuação por partida de 16.5 na temporada passada, para 21.2 nessa temporada, mostrando que sabe atacar tão bem quanto defender e com habilidades monstruosas. Com suas mãos gigantes, que medem 24 cm e tem diametro de 29 cm, dados do Sports Science, ele consegue ter um controle de bola invejável, facilitando suas bandejas e enterradas, sendo uma arma letal para seus bloqueios e roubos de bola e dificultando a vida de seus marcadores, na tentativa de lhe roubar a bola.
   Para quem não sabe, e eu não sabia, ele foi selecionado pelo Indiana Pacers na 15° posição do Draft de 2011 e imediatamente trocado para os Spurs, sorte a deles. O jovem jogador teve uma temporada de estréia bem discreta, com médias de 7.9 pontos, 5.1 rebotes e 1.3 roubos de bola em 23 minutos jogados. Sua evolução de lá para cá não parou, suas médias sempre aumentaram ou mantiveram-se, ele foi o MVP das finais da temporada 2013/14 ao anular Lebron James e proteger a cesta como poucos, tornou-se assim o mais jovem a alcançar o prêmio na história.
   Nessa temporada conseguiu bater Lebron, por apenas três pontos, mas ficou em segundo lugar na votação para MVP, realmente merecido visto que, o jovem encontra-se em sua melhor temporada de sua curta carreira de cinco anos. O futuro deve ser muito bom para o jovem, provavelmente seja membro da Seleção Olímpica no RIO 2016, e deve ser o principal jogador dos Spurs com a aposentadoria de Timmy D (se isso acontecer). Kawhi tem potencial suficiente para ser um dos grandes da NBA, atingiu seu primeiro All-Star, já foi campeão, MVP das Finais, e deve manter a franquia texana entre as melhores da liga por um bom tempo.
   Era improvável que alguém pudesse vencer Curry na eleição de MVP, mas ver Kawhi em segundo mostra o poder que o jovem vem ganhando e o tamanho do basquete que vem jogando. Vamos ficar na torcida por essa fera, um monstro na defesa e que agora vem crescendo de forma ofensiva, uma ameaça dois lados, quem segura?
Postar um comentário