segunda-feira, 13 de junho de 2016

Heróis do passado: Nate Robinson

Basquete foi uma opção para Nate
   Hoje nossa série vai contar a história de um baixinho da liga, um cara que impressionava com sua facilidade para enterrar e em jogadas de habilidade, tendo como um dos lances mais memoráveis de sua carreira um toco dado em Lebron James, mesmo com apenas 1, 75 metros. Estamos falando do três vezes campeão de enterradas, Nate Robinson.
   Nate começou sua carreira em Seatle, jogando seus dos primeiros anos pela Rainier Beach High School, antes de mudar-se para Califórnia, onde jogou pela James Logan High School. Depois retornou para a primeira escola, onde jogou seu último ano. Em Rainier Beach foi destaque no basquete, futebol americano e atletismo, em seu último ano foi campeão estadual de basquete, levando a equipe a um recorde de 28-1. Ele teve médias de 17.9 pontos, 7 rebotes, 7 assistências e 3 roubos de bola, sendo eleito o Jogador do Ano do Estado de Washington. A sua escola foi classificada como a 7° melhor do país.




Nate foi um excelente jogador de futebol americano
   Sua carreira universitária começou em Washington, originalmente com uma bolsa para jogar futebol americano, mas optou focar no basquete começando a jogar em seu segundo ano. Em sua temporada de calouro teve médias de 13 pontos, 17° maior marca entre os jogadores da PAC 10, e seus 300 pontos totais é a 4° maior marca para um calouro da UW. Continuou evoluindo, com médias de 13.2 pontos em seu segundo ano e na última temporada liderando a equipe ao Sweet 16 da NCAA com médias de 16.4 pontos. Terminou seu período universitário com médias de 14.4 pontos, 3.9 rebotes e 3.2 assistências.



Knicks foi a equipe em que mais atuou
   Em 2005 tornou-se elegível para o Draft da NBA, sendo escolhido na 21° posição pelo Phoenix Suns. No mesmo dia foi trocado para o New York Knicks. Na sua temporada de estreia teve médias de 9.3 pontos e 2 assistências, atuando em todos os 82 jogos sendo titular em 26 partidas. Nesse mesmo ano foi campeão de enterradas pela primeira vez, quando bateu Iguodala por apenas um ponto. Na temporada seguinte chegou a ser vetado por 10 jogos, por suspeita de alterações físicas.
   Na temporada 2006/07 se envolveu em uma briga com J. R. Smith e foi suspenso por 10 partidas. No All-Star Weekend competiu novamente no torneio de enterradas, mas acabou em segundo lugar, perdendo para Gerald Green. Na temporada 2007/08 teve média de 12.7 pontos por jogo, sendo o cestinha da equipe em 10 jogos, atingindo sua maior marca da carreira, 45 pontos, contra o Portland em uma derrota na prorrogação. Na temporada 2008/09 teve suas melhores médias na carreira com 17.2 pontos e 3.9 rebotes, com o ápice no torneio de enterradas com a vitória contra Dwight Howard após saltar o pivô de 2,11 metros.
   Ele reassinou com o Knicks em 2009 por mais um ano, mas após alguns desentendimentos com Mike D'Antoni foi retirado da rotação titular. Em 2010 foi campeão de enterradas novamente, o primeiro tricampeão da história. Depois disso, foi jogar no Boston Celtics, de fevereiro de 2010 a fevereiro de 2011, ele foi negociado e atuou em 26 partidas sempre vindo do banco. Em fevereiro de 2011 foi negociado para o Oklahoma City Thunder, atuando em apenas quatro jogos antes de ser dispensado.
A jogada mais emblemática da carreira
   Em 2012 foi jogar no Golden State Warriors, onde teve médias de 11.2 pontos e 4.5 assistências em 51 partidas. Depois foi jogar no Chicago Bulls, com médias de 13.1 pontos, jogando muito bem sendo titular em 23 partidas com as lesões de Rose e Hinrich. Nate foi jogar no Denver Nuggets em 2013 assinando um contrato por alguns anos, em junho de 2014 utilizou sua opção de jogador do contrato e foi novamente para o Boston Celtics e foi dispensando sem nem jogar. Em março de 2015 assinou dois contratos de dez dias com o Clippers, e por conta de uma lesão não ficou a equipe após seu segundo contrato, em outubro assinou com os Pelicans mas foi dispensado após duas partidas.
   Nesse ano, em março assinou com Hapoel Tel Aviv do Campeonato Israelense, na estreia anotou 25 pontos e no mês passado anotou 46 pontos em um jogo de Playoff.
   Nate foi um jogador mediano mas marcante, encantou muita gente com seu tamanho e suas enterradas impressionantes, com certeza provou que caras baixinhos poderiam jogar basquete e porque não enterrar. Na NBA teve médias de 11 pontos, 3 assistências e 2.3 rebotes na carreira. Abaixo um mix de sua carreira.

Postar um comentário