quarta-feira, 15 de junho de 2016

Noah pode deixar o Bulls

Adeus está próximo

   A última temporada é algo que Joakim Noah quer esquecer, perdeu seu posto de titular da equipe, o Bulls ficou fora dos Playoffs pela primeira vez desde 2008 e ainda lesionaou o ombro esquerdo perdendo 29 partidas na temporada. Esse verão aparece como um novo começo, uma nova oportunidade na vida, quando será agente livre irrestrito pela primeira vez em sua carreira.
   Em entrevista ao site Sportando.com em uma aparição na Eurocamp em Treviso, o pivô disse: "Estou muito focado na agência livre. Passei os últimos 10 anos em Chicago, houveram momentos bons e momentos ruins, mas agora tenho uma oportunidade incrível como jogador, sendo recrutado por outras equipes, eu definitivamente quero viver esse tipo de experiência. É algo novo para mim mas é algo intrigante para um jogador."
   Aos 31 anos o seu papel na equipe foi reduzido com a chegada de Fred Hoiberg, que é apenas uma das várias razões pelas quais ele não quer olhar para trás na temporada 2015/16. Quando perguntado sobre a maior diferença entre o ex-treinador Tom Thibodeau e Hoiberg disse: "Tempo de jogo cara. Não joguei muitos minutos nessa temporada , o que foi uma grande mudança para mim. Foi difícil, houve uma mudança de cultura na equipe e muitas coisas mudaram. Então eu me machuquei e a temporada acabou para mim. Eu fiquei muito decepcionado, cara. Definitivamente uma temporada ruim, mas você sabe, precisamos passar por adversidades para se tornar um jogador melhor."
   Alguns relatos sugerem que Noah teria dito a seus companheiros que ele não vai voltar, citando sua falta fé no escritório em colocar o navio em curso. No entanto, para a equipe reassinar com o pivô deveria ser prioridade, há apenas dois anos Noah era o Jogador Defensivo do Ano e ficou em 4° na votação para MVP. Na temporada teve a média mais baixa da carreira em pontos e aproveitamento dos arremessos, com médias de 4.3 pontos, 8.8 rebotes, 3.8 assistências, 1 toco, 38,3% de aproveitamento em 21.9 minutos.
   Como torcedor do Bulls acho uma baita cagada não assinar com Noah novamente, cometeram um erro gigantesco ao tirá-lo da rotação titular e agora irão perder um excelente jogador. Ele é um monstro na defesa, um guerreiro na quadra que luta por toda e qualquer posse de bola, um jogador que levanta o grupo com sua vontade. Para mim essa é a pior notícia que o Chicago Bulls poderia esperar, saber que Noah não quer mais defender as cores da equipe de Chicago.
Postar um comentário