quarta-feira, 20 de julho de 2016

"Eles sabem como jogar" diz Thibodeau sobre Rose e Noah nos Knicks

Trio brilhou nos tempos de Chicago e quase se juntou em Nova Iorque

   Se alguém tem ideia do que esperar de Rose e Noah é Tom Thibodeau, o ex-treinador do Chicago Bulls acha que a mudança de cenário de seus discípulos será boa tanto para eles, quanto para os Knicks.
   "Eu acho eles dois incríveis. Eles já provaram isso. Acho que vai ser bom para eles, acho que vai funcionar. Eles têm uma boa equipe, a forma como Carmelo Anthony joga, junto com Kristaps Porzingis e Courtney Lee, eles vão ser bons". - disse o treinador do Minnesota Timberwolves a Marc Berman do New York Post na terça-feira.
   Thibs treinou Rose e Noah por cinco temporadas, de 2010 a 2015 (embora Rose tenha passado mais tempo de molho que jogando), ainda assim o Bulls teve um registro de 255 vitórias e 139 derrotas, foi aos Playoffs em todas as temporadas, e duas vezes terminou a temporada como o líder da Conferência Leste.
   "Mentalmente eles são experientes. Quando se tem veteranos com isso, ele acrescenta muito para a sua equipe. Eles sabem como jogar. Eles mostram isso em jogos importantes. Eles não são egoístas e jogam para ganhar. Isso é uma grande vantagem. Eles são caras durões ... Eles são muito além ... Você tem que lembrar. Rose é de Chicago. Noah é de New York. Eles sabem lidar com isso." 
   No começo da primavera, antes de assinar com os Wolves como treinador e presidente, haviam rumores que colocavam Thibodeau no New York Knicks. Melo teria se mostrado favorável para isso, e acredita que Thibodeau teria aceitado uma oferta bem formulada. Mas o presidente do Knicks, Phil Jackson, teria recebido má recomendações de  antigos patrões rancorosos de Thibodeau, e não foi atrás.
   O treinador passou sete anos trabalhando com os Knicks, entre 1996-2003 como assistente, e teria se reunido com Rose e Noah se tivesse tido a oportunidade de voltar a New York. Ainda assim, ele diz não guardar mágoas por não ter recebido uma ligação. 
   "Eu estou bem. Consegui o emprego que queria. Estou feliz. Desejo-lhes bem."
   A chegada de Rose e Noah fecha um bom plantel titular, com Porzings provando ser um bom jogador, com Melo que é um excelente atleta,e com o sempre confiável Cortney Lee fechando o grupo. Se Thibodeau tivesse chegado a New York, com o conhecimento de basquete que tem e com dois atletas que já sabem como jogar com ele, os Knicks seriam um forte candidato as primeiras posições da conferência, e mesmo sem o treinador, eles devem fazer muitas coisas boas no próximo verão.
Postar um comentário