segunda-feira, 18 de julho de 2016

Heróis do passado: Nate Thurmond

San Francisco Warriors o começo da lenda
   Nossa série hoje vai relembrar a história de Nate Thurmond, o primeiro jogador a anotar um quadruplo-duplo na história e que faleceu na última semana (16) por conta da leucemia. Thurmond fez história por onde passou, sendo um pivô dominante, que sabia pegar rebotes como ninguém e conseguia pontuar com maestria.
   O pivô começou a jogar basquete em Akron, sua cidade natal, pelo Akron Central High School, jogando ao lado de Gus Johnson, futura estrela da NBA e companheiro de equipe. Depois de formado, recebeu uma oferta de bolsa de estudos em Ohio State, mas não aceitou o convite para não ser banco de Jerry Lucas, seu rival nos tempos de ensino médio, assim optou por jogar em Bowling Green. 
   Pela modesta universidade fez história, em suas três temporadas com a equipe sempre foi o líder da Conferência Mid-American em rebotes, terminando a carreira com média 17 rebotes por partida e em 1963 foi All-American. Nas suas duas últimas temporadas foi responsável por levar a equipe ao torneio da NCAA e no seu último jogo estabeleceu o recorde da universidade de rebotes em uma partida, com 31. Thurmond teve média de duplo-duplo em suas três temporadas, terminando sua carreira com médias de 17.8 pontos e 17 rebotes por partida.
   Sua carreira na NBA começou em 1963 no Draft, quando foi a terceira escolha do até então San Francisco Warriors. Como novato ele simplesmente serviu como apoio para Wilt Chamberlain, e teve médias baixas de 7 pontos e 10.4 rebotes atuando em 25.9 minutos por jogo, ainda assim foi selecionado para o Time All-Rookie. Com a saída de Chamberlain para o Sixers, Thurmond tornou-se um pivô extremamente produtivo, estabelecendo o recorde de rebotes em um único período (18) e com médias de 21.3 rebotes na temporada 1966-67 e 22 na temporada 1967-68, ano em que foi o segundo colocado na votação para MVP atrás de Chamberlain. 
   Da temporada 1967-68 até a temporada 1971-72, teve médias de 20 pontos ou mais e atuou em sete All-Star Games como membro do Warriors. Infelizmente, mesmo com as contribuições de seus companheiros, principalmente Rick Barry, os Warriors nunca venceram um título com Thurmond como pivô, chegando as Finais de 1967 e perdendo para o Sixers de Chamberlain.
Bulls e o quadruplo-duplo
   Antes do começo da temporada 1974-75, Thurmond foi trocado para o Chicago Bulls por Clifford Ray e logo em sua estreia no dia 18 de outubro de 1974, tornou-se o primeiro atleta da história a anotar um quadruplo-duplo oficialmente com 22 pontos, 14 rebotes, 13 assistências e 12 tocos. Antes da temporada 1973-74 os tocos não faziam parte das estatísticas da liga. Pelo Bulls jogou duas temporadas com médias de 7.3 pontos e 10.5 rebotes, transferindo-se para a equipe de sua terra natal em 1975, o Cleveland Cavaliers.
A volta pra casa e a aposentadoria
   Com os Cavs o agora veterano com 35 anos, era um backup até a lesão de Jim Chones, quando ajudou a liderar a franquia até as finais da Conferência Leste onde foram batidos pelo Boston Celtics. Jogando com minutos limitados, Thurmond teve médias inexpressivas de 5 pontos e 4.4 rebotes em sua passagem pelo Cleveland, aposentando-se ao término da temporada de 1976-77. Depois de aposentado voltou para San Francisco, onde abriu uma churrascaria chamada Big Nate, depois de 20 anos vendeu o restaurante. Ele recebeu do Warriors o título de lenda e embaixador da franquia. Infelizmente no último dia 16 veio a falecer por conta da leucemia. 
   Sua carreira é marcada por grandes feitos, o primeiro atleta a anotar um quadruplo-duplo, um dos cinco jogadores da história com média de pelo menos 15 rebotes por jogo na carreira, um dos cinco jogadores a ter média de pelo menos 20 rebotes por jogo em uma temporada, um dos quatro jogadores da história a pegar pelo menos 40 rebotes em um jogo e recorde da NBA de rebotes em um período. Os números mostram o quão importante essa lenda foi, seu legado está aí para ser lembrado, ele é membro do Hall da Fama e tem o número 42 aposentado por Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors e é considerado como um dos 50 melhores jogadores da história. Merece muito a recordação.

Postar um comentário