quarta-feira, 13 de julho de 2016

"Não nos vejo como azarão" - Kyrie irving

Kyrie não vê os Cavs como azarões

   O Cleveland Cavaliers calou o mundo do basquete, quebrando um jejum de 52 anos de Cleveland sem título e tornando-se a primeira equipe da história a virar uma série com revés de 3 a 1. Mas, agora com a agência livre, os olhos do mundo voltaram-se para o Golden State Warriors depois da aquisição de Kevin Durant, e com a formação de um super time.
   Kyrie Irving que fez a cesta da vitória a menos de um minuto do final da partida número 7, não acredita que os Cavaliers devem ser vistos como azarões para repetir o título após o Warriors terem reforçado seu elenco de maneira tão potente.
   "Eu não sei como me sinto. Não sei o que se sente ao ser um azarão. Nunca me vejo como azarão, em nenhum momento da minha vida. Vindo para a próxima temporada, provavelmente haverão alguns favoritos, mas eu definitivamente não nos vejo como um azarão." - disse Irving a Zach Frydenlund do Complex Sports. 
   Irving quer desafiar as probabilidades de alcançar o sucesso. O armador três vezes All-Star teve de se recuperar de uma fratura no joelho esquerdo, lhe deixando de fora de quase todas as finais do ano passado contra o Golden State Warriors e agora, de lutar contra o ceticismo sobre a sua equipe ser capaz de vencer um campeonato.
   "Os haters não eram a minha verdadeira motivação para querer o campeonato. É bom provar que as pessoas estão erradas quando conseguimos fazer grandes coisas, mas eles não me fazem levantar de manhã para provar que estão errados. Eu apenas acho que solidificou nossa equipe, que solidificou as imagens que tínhamos de nós mesmos e o quão grande eramos como equipe. Nós finalmente nos solidificamos. Só me lembro de Vegas, e dos números e as chances de voltar de 3-1. Todos praticamente nos colocando fora e eles (Warriors) sendo novamente campeões. Todo aquele ruído foi ótimo. Ele acabou adicionando combustível para o fogo". 
   Acredito novamente em uma reedição da final, pela terceira vez consecutiva, e novamente o Warriors como favorito. Mas, até lá temos 82 partidas e muita coisa pode acontecer. De qualquer forma, não vejo o Cavs como azarão, pra mim são um dos favoritos com uma árdua tarefa pela frente, mas sim, favoritos a chegar ao título novamente. 
Postar um comentário