sexta-feira, 1 de julho de 2016

Nossa história: Benedicto Cícero Tortelli "Paulista"

   Hoje vou começar uma pequena série com algumas entrevistas sobre o basquete brasileiro, é muito importante sabermos exaltar a importância dos nossos jogadores e a grandeza do passado, que muitas gerações não conhecem (inclusive eu). O primeiro entrevistado é um senhor muito gente boa que conheci em uma viagem ao Rio de Janeiro em 2012, Benedicto Cícero Tortelli o Paulista, bicampeão mundial com a Seleção Brasileira.
   
1- Nome, data de nascimento e apelido

BENEDICTO CICERO TORTELI 26/12/1939 SOROCABA- SP - BRASIL- O APELIDO PAULISTA VEM DESDE 1956 QUANDO INICIEI NO BASQUETE, NO COLÉGIO ESTADUAL DE SOROCABA.

2- Como conheceu o basquete e quando começou a jogar?

EM 1954 NOS JOGOS ABERTO DO INTERIOR PAULISTA QUE FORAM REALIZADOS EM SOROCABA, NO MESMO ANO NO COLÉGIO ESTADUAL COMECEI A JOGAR E DE LA PARA CÁ, 2016, AINDA CORRO ATRÁS DA BOLA.

3- Quando começou a jogar basquete de maneira profissional?

EM 1957 EM SOROCABA JOGANDO PELA SELEÇÃO SOROCABANA ADULTO, EU RECEBIA ENTRE COLÉGIO, PASSAGEM E ALIMENTAÇÃO UMA AJUDA DE CUSTO DE 4 MIL REAIS. DAVA PARA O CINEMA E LANCHE COM AS NAMORADAS.

4- Qual foi o primeiro título da carreira? E qual foi o título mais marcante?
 
DESDE O PRIMEIRO CAMPEONATO COLEGIAL DO ESTADO DE SAO PAULO EM 1954, EU GANHEI OUTROS MIL CAMPEONATOS TODOS A SUA ÉPOCA FORAM MARCANTES E MUITO IMPORTANTES POIS FIZERAM DE UM MOLEQUE DE 14 ANOS DO INTERIOR DE SAO PAULO UM HOMEM PARA O MUNDO, COISA QUE ATÉ HOJE EU AGRADEÇO A BOLA LARANJA POIS CORRENDO  ATRÁS DELA EU ME TORNEI HOMEM COM NOME NO ESPORTE, NA VIDA PARTICULAR  E ATÉ HOJE SOU RECONHECIDO PELOS MEUS TÍTULOS,  NA VIDA PARTICULAR E NO BASQUETE. ESTE ANO MESMO FUI CAMPEÃO PANAMERICANO DE BASQUETE MASTER CATEGORIA 75+ PELA MINHA IDADE FOI UM PUTA FEITO, AOS 77 ANOS AINDA JOGANDO COM QUALIDADE DE VIDA, MUITO BOOOOOOM.

5- Conte um pouco sobre jogar na seleção brasileira e ser bi-campeão mundial.
 
JOGAR NA SELEÇÃO BRASILEIRA EU JOGUEI DE 1959 A 1968 E QUANDO FUI CORTADO NO ÚLTIMO DIA PARA AS OLIMPÍADAS DO MÉXICO SAI PUTO DA VIDA E ME APOSENTEI PARA  A SELEÇÃO, NUNCA MAIS ACEITEI CONVITE PARA INTEGRAR A SELEÇÃO, FIM. QUANTO A SER CAMPEÃO MUNDIAL, SER BICAMPEÃO MUNDIAL FOI UMA CONSEQUÊNCIA DA MINHA GERAÇÃO QUE FOI SEM DÚVIDA A MELHOR GERAÇÃO QUE O BRASIL JÁ TEVE ATÉ AGORA, DUAS MEDALHAS DE BRONZE OLIMPICAS EM 60 EM ROMA E 64 EM TÓQUIO, E CAMPEÃO DO MUNDO EM 59 NO CHILE E EM 63 NO BRASIL NO  RIO DE JANEIRO. EU COSTUMO DIZER QUE A MINHA GERAÇÃO TEVE MUITO BASQUETE NAS NÃO TEVE MÍDIA, AS DEMAIS TIVERAM BOM BASQUETE, MUITA MÍDIA E NENHUM TÍTULO.
 
 
6- O quanto o basquete é importante na sua vida?
 
EU COSTUMO DIZER QUE NASCI DUAS VEZES, A PRIMEIRA QUANDO MINHA SAUDOSA MÃE ME PÔS NO MUNDO,  NO DIA 26 DE DEZEMBRO DE 1939, E A SEGUNDA QUANDO EM 1954 E CONHECI A BOLA DE BASQUETE, POIS FOI DAÍ QUE INICIEI MINHA VIDA. HOJE SOU UM HOMEM RESPEITADO EM TODOS OS SEGUIMENTOS DA SOCIEDADE DO BRASIL E DO MUNDO, GRAÇAS AO BASQUETE EU REPITO SEMPRE '' QUE SAUDADES DE VOCÊ BASQUETE, OBRIGADO POR ME FAZER HOMEM''.

 
7- Fale um pouco sobre a experiência de ser treinador. Somente no basquetebol master que atuou nessa função?
 
EU NUNCA QUIS SER TÉCNICO DE BASQUETE, QUANDO PAREI DE JOGAR PROFISSIONALMENTE FUI LOGO PARA A MINHA PRAIA, SER DIRIGENTE POIS SOU PHD EM ADNIMISTRAÇÃO ESPORTIVA FORMADO NA UNIVERSIDADE DE STUTTGARD NA ALEMANHA, TAMBÉM NUNCA QUIS SER PROFESSOR DE BASQUETE POIS COM SOU PHD EM PSICOLOGIA  APLICADA. ME DEDIQUEI SÓ A PSICOLOGIA E A ADMINISTRAÇÃO ESPORTIVA. E DEPOIS DE MASTER, JÁ COM MAIS DE 60 ANOS DIRIJO POR DILETANTISMO AS MENINAS DO MASTER, MAS SEM CONOTAÇÃO DE SER TÉCNICO.
 
8- Qual a importância do basquete em nosso país? Como vê o futuro da modalidade?
 
PARA ESSE BRASIL DE HOJE O BASQUETE NÃO TEM IMPORTÂNCIA ALGUMA, OS NOSSOS DIRIGENTES NÃO ESTÃO NEM AI PARA O BRASIL EM UM TODO IMAGINE SE ELES VÃO SE PREOCUPAR COM O BASQUETE (KKKKKKKK). QUANTO AO FUTURO DO BASQUETE VEJO QUE O FUTURO SE APRESENTA NEBULOSO E SEM FUTURO, VOCÊ QUE É JOVEM VERÁ QUE DAQUI A 20 ANOS O BASQUETE VAI ESTAR DO MESMO JEITO QUE ESTEVE NOS ANOS, 80 SEM PERSPECTIVA ALGUMA.
 
 
9- Para esses Jogos Olímpicos, nossa geração tem alguma expectativa de medalha?
 
EU ADORARIA QUE TIVESSE MAS COMO TUDO NO BRASIL DEPENDE DA SORTE E DEUS QUERER, ACHO QUE NÃO TEMOS EXPECTATIVA NÃO, O QUE É UMA LASTIMA, VERGONHOSO.
 
 
10- Quando surgiu o basquete master com tanta força no Brasil?
 
COM FORÇA TÉCNICA DESDE 2005/ 2006, AGORA NÓS ESTAMOS COM MUITA FORÇA TÉCNICA POIS SOMOS O SEGUNDO PAÍS EM MEDALHAS CONTADO COM OS PANS E COM OS MUNDIAIS, SÓ PERDEMOS PARA OS ESTADOS UNIDOS, MESMO ASSIM ELES TEM DUAS MEDALHAS A MAIS DO QUE NÓS. AGORA SÓ TEMOS FORÇA NA PARTE TÉCNICA POR QUE POLITICAMENTE  NÃO TEMOS FORÇA ALGUMA, VOU REPETIR, UMA LASTIMA.
 
11-  Deixe um recado para nossos leitores.
 
O BASQUETE PARA MIM FOI E É A MINHA VIDA, FIZ DO BASQUETE MEU RUMO SÓLIDO E VITORIOSO BEM COMO LENDÁRIO, SOU ETERNAMENTE GRATO A ELE POIS COM JÁ DISSE: ''OBRIGADO BASQUETE POR TER ME FEITO HOMEM''.
 

Postar um comentário