quarta-feira, 6 de julho de 2016

Os "velhinhos" de olho no Warriors

Ray-Ray pode voltar a jogar com o Warriors

   O Golden State Warriors é o centro das atenções para os veteranos da NBA, eles estariam dispostos a receber um "salário mínimo" para juntar-se a essa que pode ser uma das melhores equipes da história. Além da chegada do astro Kevin Durant, as contratações de David West e Zaza Pachulia, aliada as possíveis permanências de Leandrinho e Varejão fazem com que o Warriors seja um expoente para veteranos que querem um anel de campeão. 
John Chick do The Score trouxe uma lista com os quatro principais veteranos para auxiliarem o Warriors.
   Ray Allen: seu nome foi ligado ao Warriors automaticamente já que é o líder de todos os tempos em bolas de 3 pontos, ainda não aposentou-se oficialmente o que deixa uma porta aberta para um retorno. Seu estilo de jogo complementaria o Warriors, nem ia precisar se adequar, sua última equipe foi o Miami Heat em 2014 e de lá para cá muitas propostas foram feitas mas nenhuma aceita.
   Jermaine O'Neal: jogou pela última vez com os Warriors, na temporada 2013-14 um pouco antes da equipe conseguir sucesso. Completando 38 anos em outubro, o 6 x All-Star disse recentemente que ele poderia jogar "provavelmente melhor que 60% dos pivôs da liga atualmente". Essa afirmação é um tanto quanto ousada, mas ainda assim ele poderia ser utilizado com as saídas dos pivôs Andrew Bogut, Festus Ezeli e Marreese Speights. 
   Amar'e Stoudemire: Mais um pivô que pode completar, o veterano de 33 anos é um agente livre após uma temporada com o Miami Heat. Mesmo longe de ser o jogador que era, Stoudemire foi titular em 36 jogos, não haveria necessidade disso no Warriors a menos que lesões dizimassem a equipe, mesmo assim, ele jogou para o Steve Kerr quando estava no Phoenix Suns e o treinador era GM da franquia de Phoenix.
   Kevin Martin: 33 anos de idade, cujo o seu melhor está provavelmente no passado. Ele é uma ameaça do perímetro, que deixou o Timberwolves e foi atuar com o San Antonio Spurs na última temporada na tentativa de chegar ao título. Agora ele é um agente livre, e se o Warriors estiver a procura de um ala, e Martin estiver disposto a assinar por pouco, poderia haver um negócio. Ele teve as médias mais baixas da carreira na temporada 2015-16 no percentual de arremesso, precisão das bolas de três e PER, mas ainda assim ele pode ajudar uma equipe vindo do banco como um spot-up shooter. Ele é muito bom para cavar faltas e possui um aproveitamento de 87% da linha do lance-livre.
Postar um comentário