quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Relação estremecida

Dupla em conflito

   A coisa tá feia pro lado de Washington, as duas estrelas da franquia pareciam estar com a relação estremecida, mas a situação é pior do que o imaginado. De acordo com um agente da NBA, em entrevista a The Ringer's Kevin O'Connor: "Tudo o que é público, multiplique por cinco e é assim que eles sentem-se realmente com relação ao outro".
   A dupla, Wall e Beal, é considerada como uma combinação defensiva de elite, mas no início dessa semana o armador insinuou um pequeno atrito entre os dois. A maneira como escolhem passar o tempo livre, completamente diferente, pode ajudar a pincelar uma imagem do porque eles não conseguem uma conexão. Wall gosta de festa, Beal é mais reservado e não saí tanto, o segundo é mais ativo nos treinos, mas o primeiro é percebido como o jogador mais talentoso.
   Outro fator importante aqui, pode ser, o dinheiro. Beal assinou um contrato máximo de cinco anos por U$S 128 milhões, mesmo tendo perdido 19 ou mais jogos nas últimas três temporadas, das quatro em que joga na NBA. Ao longo dos próximos três anos ele irá receber U$S 17 milhões a mais que Wall, embora nunca tenha sido nomeado um All-Star.
   O ponto mais alto da dupla foram 46 vitórias na temporada 2014/15 e siar na segunda rodada da Conferência Leste para a o Atlanta Hawks. Na última temporada a equipe alcançou 41 vitórias e 41 derrotas, perdendo os Playoffs. Wall tem mais três anos de contrato, tornando-se agente livre irrestrito no final da temporada 2018/19.
   Esses problemas de relacionamento podem separar a dupla, assim como aconteceram com outros astros (Kobe e Shaq, por exemplo), e no fim das contas quem perde com a situação é a franquia, pois normalmente com o passar dos anos os jogadores reatam a amizade.
Postar um comentário