quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Vida longa ao rei

Lebron perto de ficar para sempre no Cavs

   As chances do Cleveland Cavaliers negociarem Lebron James são inexistentes, especialmente pelo que fez para a conquista do primeiro título da NBA contra o Golden State Warriors e por toda sua história com a cidade.
   Além disso, se depender de uma vontade dos dirigentes de fazer a blasfêmia de trocar The King, eles irão necessitar da aceitação de Lebron. O astro de 31 anos assinou recentemente um contrato de três anos, por US$ 100 milhões de dólares, supostamente contando  com uma cláusula não-comercial, de acordo com Joe Vardon do Cleveland.com.
   Lebron será o jogador mais bem pago da NBA pela primeira vez na sua carreira, com os US$ 33 milhões que receberá na temporada 2017/18, será o maior salário para uma única temporada da história. A cláusula não-comercial é extremamente rara hoje em dia, o atleta precisa jogar a oito anos, sendo quatro com a sua equipe atual ao assinar como agente livre de acordo com Bobby Marks do The Vertical.
   Carmelo Anthony e Dirk Nowitzki também possuem essa cláusula com New York Knicks e Dallas Mavericks, respectivamente, enquanto Kevin Garnett renunciou a sua cláusula para se juntar ao Minnesota Timberwolves. Lebron tem uma player option no terceiro ano, o que deixa a porta ligeiramente aberta para uma possível saída. Se fosse para dar a equipe um aviso justo de que queria sair, os Cavaliers poderiam procurar uma troca, para ter uma compensação, ao contrário do que aconteceu na última vez.
   Podemos dizer que a possibilidade de saída de Lebron é quase nula, mesmo que exista uma mínima possibilidade, é mais provável que The King fique eternamente no Cavaliers e tente tornar o seu legado ainda mais impressionante em sua terra natal.
Postar um comentário