terça-feira, 11 de outubro de 2016

O triângulo ofensivo funciona

Phil Jackson ganhou onze anéis com o triângulo ofensivo

   O presidente do New York Knicks, Phil Jackson, continua defendendo o precioso triângulo ofensivo contra todos os críticos.
   Visto que os Knicks possuem um recorde de 49-115 com Phil Jackson coordenando, a equipe vai optar por um olhar diferente que não seja o famoso triângulo ofensivo. O recém contratado, Jeff Hornacek, novo treinador terá a permissão de organizar o ataque dos Knicks da maneira que quiser.
   No entanto, isso não quer dizer que o triângulo ofensivo falhou. Em vez disso, Phil Jackson culpa a falta de fundamentos no jogo de hoje para a falta de sucesso nos últimos anos.
   "O triângulo é uma história diferente. Como você ensina um sistema que requer tantas habilidades fundamentais para jogadores que realmente não foram ensinados algumas dessas coisas básicas, como trabalho de pés, passe, e todo aquele tipo de habilidade rudimentares que são aprendidas, que deveriam, o que mudou ao longo dos anos?" - disse Phil Jackson em um Podcast com Shaquille O'Neal, retransmitido por Stefan Brondy do New York Daily News.
   "É um jogo diferente". - acrescentou.
   O famoso mestre zen executou o triângulo ofensivo com sucesso na sua rota para onze anéis de campeão. Ele frequentemente aponta para os seus anéis quando o seu sistema favorito tem sido alvo de perguntas. No entanto, muitas vezes se argumenta que os jogadores de Phil Jackson eram a chave para o sucesso, não o sistema. O triângulo ofensivo não tem obtido resultados expressivos depois que as lendas, Michael Jordan, Scottie Pippen, Shaquille O'Neal e Kobe Bryant deixaram as quadras.
   Mas concordo o mestre zen, realmente as habilidades requeridas para o triângulo são básicas e muitos atletas bons não a tinham. Em seus livros "Onze Anéis" e "Cestas Sagradas" ele conta que Jordan e Kobe demoraram um pouco a se adaptar, e que alguns jogadores nunca executaram-no de forma correta, no Bulls alguns atletas foram trocados por esse motivo. Eu acredito no sistema de Tex Winter, ganhar 11 anéis com ele significa muito, provavelmente o sistema mais efetivo já criado para se conduzir uma equipe. Basta pensar nisso, Dennis Rodman conseguiu adaptar-se ao sistema e saber usá-lo, um cara que era problemático e muitas vezes de emoções fortes, encrenqueiro e que tinha as habilidades para isso. 
   Podemos pensar, talvez com Lebron, KD, CP3, Uncle Drew esse sistema funcione, atletas que aparentam ter as habilidades básicas para isso. O sistema consiste basicamente em isolar um triângulo no ataque, e deixar dois atletas abertos para necessidade de começar a jogada do outro lado ou finaliza-lá, não parece ser complicado, mas os Knicks não conseguiram colocá-lo em prática com Melo, Rose, Pornzingis e Noah, nem antes com Fisher. Para mim é o melhor sistema de ataque possível, foi o mais efetivo com certeza, e concordo com Phil Jackson que as habilidades básicas do basquete não são mais trabalhadas.
Postar um comentário