quarta-feira, 2 de novembro de 2016

As maiores suspensões da história da NBA

   
Suspensões pesadas
   Algumas vezes os jogadores se excedem em suas ações, dentro ou fora das quadras, e em algumas ocasiões essas ações são punidas. Abaixo trago uma lista com as 10 maiores suspensões já aplicadas pela a NBA.
   10 - Dennis Rodman: o emblemático ala-pivô do Chicago Bulls, famoso por sua raça na quadra, qualidade nos rebotes e claro temperamento explosivo, teve 11 jogos como punição em 1997 quando chutou uma cameraman após cair sobre o cara durante a disputa de um rebote. Essa suspensão foi maior que a que havia sofrido um ano antes por dar uma cabeçada em um árbitro, ele havia sido suspenso por 6 dias.
   9 - Carmelo Anthony: o ala que atua hoje no New York Knicks foi suspenso exatamente em um jogo contra sua atual equipe. Em 2005, quando ainda jogava pelo Denver Nuggets, Melo foi suspenso por 15 dias após dar um soco em Mardy Collins, jogador do Knicks, durante uma briga entre as equipes. A maior suspensão foi de melo, mas outros 9 atletas também foram punidos, incluindo Nate Robinson e J.R. Smith.
   8 - Jermaine O'Neal: originalmente a suspensão tinha sido de 25 jogos, mas foi reduzida para 15, ele estava envolvido na maior briga da história entre torcedores e atletas, no jogo em Detroit Pistons e Indiana Pacers em 2004.
   7 - Hedo Turkoglu: o ala do Magic foi suspenso por 20 jogos depois de testar positivo para Methenolone, um esteroide anabolizante.
   6 - Kermit Washigton: o atleta foi suspenso por 26 jogos em 1977, quando ainda jogava no Los Angeles Lakers agrediu Rudy Tomjanovich no rosto, um nocaute perfeito.
   5 - Stephen Jackson: estava envolvido na briga entre Indiana Pacers e Detroit Pistons em 2004, ele foi suspenso por subir nas arquibancadas e agredir um torcedor depois que Ron Artest foi atingido por um copo de cerveja. A ação lhe rendeu um gancho de 30 jogos.
   4 - Gilbert Arenas: o armador do Washington Wizards foi suspenso por 50 jogos por ter uma arma guardada em seu armário, e por tê-la apontada para seu companheiro de equipe Javaris Crittenton. O fato aconteceu na temporada 2009/10 quando Arenas já tinha sido suspenso por portar uma arma sem licença.
   3 - Latrell Sprewell: a história mais marcante da carreira de Sprewell, durante um treinamento da equipe, o atleta sufocou, ameaçou e bateu no treinador P.J. Carlesimo. A suspensão originalmente era de 82 jogos, mas foi reduzida após recurso para 68.
   2 - Ron Artest: antes de ser o Metta World Peace, Artest era conhecido por brigar com torcedores. A confusão em Detroit lhe custou uma suspensão de 86 jogos, sendo 73 de temporada regular e 13 de Playoffs.
   1 - O. J. Mayo: o novo Lebron James como foi chamado no começo da carreira, o atleta foi suspenso da NBA por dois anos por violar o programa anti-drogas da liga. A NBA não disse exatamente o que causou a suspensão do atleta, mas os dois anos significam que não foi apenas um esteroide. 
Postar um comentário