quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Jalen Rose alfineta Donald Trump

Jalen Rose alfineta Donald Trump

   Hoje foi dia da tradicional visita a Casa Branca, o Claveland Cavaliers visitou o ainda presidente Barack Obama, mas o analista da NBA, Jalen Rose, acha que esse tipo de visita deverá ter um número reduzido de pessoas durante o mandato de Donald Trump.
   "Embora a política pessoal em geral possa ser um tema divisor. E para Donald Trump, durante sua candidatura, ele se tornou um candidato polarizado, que incluiu ao longo do caminho, insultos a um monte de gente. Então essas mesmas pessoas hoje como cidadãos americanos têm que digerir que ele vai ser o próximo presidente dos Estados Unidos. Como isso vai afetar os esportes?" - disse Rose, via Sports Illustrated.
   "Ao contrário de Tom Brady, quando sua equipe venceu o campeonato e ele escolheu não ir a Casa Branca, dizendo que era um conflito de agendamento quando Barack Obama estava no escritório. O que vamos ver em esportes profissionais (NBA e NFL), marque minhas palavras, haverá jogadores que recusarão a oportunidade de visitar a Casa Branca sob sua presidência."
   O campeão da Stanley Cup, Pittsburgh Penguins e o campeão do Super Bowl, Denver Broncos aceitaram convites para visitar a Casa Branca. O Chicago Cubs, que acabou de vencer a World Series no início deste mês, não anunciaram planos para fazer a viagem, embora o presidente Obama tenha tuitado um convite.
   A recusa para uma reunião na Casa Branca não seria um fato inédito. Vários atletas e gerentes se recusaram a visita com presidentes anteriores, independente de terem citado ou não diferenças políticas ou "conflitos programados". Em 2011 o diretor do St. Louis Cardinals e Albert Pujols slugger da equipe, não foram a visita por participarem do Tea Party. 
   Provavelmente por todos os ataques que fez durante a sua candidatura, muitos atletas devem ter sentido-se ofendidos e não devem ir a Casa Branca. Não me admiraria se não houvesse ninguém lá para ver o presidente Trump.
Postar um comentário