segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Heróis do passado: Lou Hudson

Passagem brilhante pela Universidade de Minnesota
   Nossa série hoje conta a história de Lou Hudson, um ala que dominou o jogo e teve muito sucesso na carreira jogando pelo St.Louis/Atlanta Hawks, onde autou 11 anos. Hudson era um ala com um poder ofensivo invejável, que sabia atacar a cesta de todas maneiras possíveis e contava com um arremesso mortal.
   Hudson começou  jogar basquete no ensino médio, na Dudley High School em Greensboro antes de juntar-se a Universidade de Minnesota. Nos tempos de universidade, Hudson teve boas médias em suas três temporadas, sendo um All-American em seu segundo ano, onde obteve médias de 23.3 pontos e 10.3 rebotes. Hudson foi um dos maiores nomes da história de Minnesota, com médias de 20.4 pontos e 8.9 rebotes na NCAA.
11 anos de sucesso com os Hawks
   Sua carreira na NBA começou em 1966 quando foi selecionado na quarta posição do Draft pelo St. Louis Hawks, também sendo selecionado pelo Dallas Cowbys da NFL. Após optar pela NBA, Hudson teve uma temporada de estréia muito boa com médias de 18.4 pontos e 5.4 rebotes, sendo nomeado para o All-Rookie Primeiro Time. Com sua altura, 1,96 m, Hudson poderia jogar como ala armador ou como ala, sua capacidade atlética e poder ofensivo marcaram a sua carreira, tendo um período de sete temporadas consecutivas com 20 pontos ou mais de média.
   Hudson foi seis vezes All-Star com os Hawks, equipe que jogou por 13 anos onde ganhou o apelido de Sweet Lou, por seu arremesso suave e eficaz. Depois dos Hawks atuou por duas temporadas com os Lakers, onde teve as médias mais baixas da carreira e encerrou sua carreira aos 34 anos.
Duas últimas temporadas como um Laker
   Ele foi um dos grandes atletas da sua geração e um dos melhores jogadores da história dos Hawks, tanto que o número 23 que usava foi aposentado em sua homenagem. A Universidade de Minnesota também aposentou a sua camiseta número 14 por conta de sua carreira pela instituição. Hudson foi 6 x All-Star, All-Rookie Primeiro Time e 1 x All-NBA Segundo Time, na carreira teve médias de 20.2 pontos, 4.4 rebotes e 2.7 assistência por jogo. Após aposentado trabalhou um tempo vendendo equipamentos para restaurantes em Atlanta, foi locutor de rádio do Atlanta Hawks. Em 1984 foi para Utah, onde tornou-se investidor imobiliário e criou uma liga de basquete recreativa onde atuou 20 anos como treinador até falecer em 2014.
   Hudson foi um ala de extrema qualidade, com um arremesso suave e preciso, aliado a uma qualidade ofensiva incrível que lhe renderam uma carreira bem sucedida e duradoura.



Postar um comentário