segunda-feira, 17 de julho de 2017

Heróis do passado: Larry Nance

O primeiro campeão de enterradas
   Na nossa série hoje relembramos a carreira de um grande ala/pivô, que teve boas passagens por Phoenix Suns e Cleveland Cavaliers, sendo muito conhecido por suas enterradas potentes. Hoje quem atua nas quadras é seu filho, mas de longe o talento do basquete da família ficou com o pai.
   Larry Nance jogou basquete pela Universidade de Clemson, onde atuou por quatro anos (1977/78 - 1980/81), onde teve médias de 11.5 ponto, 6.7 rebotes e 1.5 assistências por partida, levando sua equipe ao Elite Eight em seu primeiro ano.
   Nance chegou a NBA em 1981, como a 21° escolha do Draft pelo Phoenix Suns, onde não foi muito aproveitado em sua temporada de estréia. Saindo sempre do banco, atuou em 80 partidas e teve médias de apenas 6.6 pontos e 3.2 rebotes, em 14.8 minutos jogados. No ano seguinte as oportunidades aumentaram consideravelmente, sendo titular em todas as 82 partidas da temporada com médias de 16.7 pontos, 8.7 rebotes e 2.6 tocos, uma evolução absurda. 
Enterrando com potência, como de costume
   Ele foi um jogador constante, das 14 temporadas em que atuou na NBA em 12 delas teve médias de pelo menos 16 pontos e 8 rebotes, as duas exceções foram sua temporada de novato e a última temporada. Sempre teve um arremesso muito bom, na carreira sua média é de 54,6% de aproveitamento e jogava muito bem dentro do garrafão, sua melhor temporada na foi a de 1986/87, quando teve médias de 22.5 pontos e 8.7 rebotes por jogo.
Número 22 aposentado pelos Cavs
   Atuou por apenas duas franquias, os Suns e os Cavaliers, exatamente sete temporadas por cada uma delas. Em 1988 foi negociado para o Cavaliers juntamente com Mike Sanders e a escolha n°1 dos Pistons, por Kevin Johnson, Mark West, Tyrone Carbin, a escolha de primeira e segunda rodada dos Cavs e a escolha de segunda rodada dos Lakers de 1989. 
   Com os Suns foi aos Playoffs em três temporadas consecutivas (1981/82-1983/84) e com os Cavaliers, também de forma consecutiva, da temporada 1987/88 até 1992/93. Registrando médias de 15.7 pontos e 7.9 rebotes por jogo, perdendo para o Bulls nas semifinais de conferência de 1992/93 e, no mais perto que chegou de um título, perdeu para os Lakers nas finais de conferência de 1983/84.
   Além disso, Nance foi o primeiro vencedor do NBA Slam Dunk Contest em 1984, além de ter sido 3 x All-Star, seu jogo defensivo também se destacava, com uma média sólida de rebotes e tocos (2.2 por partida na carreira), o que lhe rendeu 1 x All-NBA Primeiro Time de Defesa e 2 x All-NBA Segundo Time de Defesa. Sua média de tocos é a maior da história para qualquer atleta que não seja um pivô, prova de sua forte defesa. Por conta de tudo que realizou com os Cavaliers teve o número 22 aposentado em sua homenagem, encerrando a carreira com médias de 17.1 pontos, 8.8 rebotes e 2.2 tocos por partida.


Postar um comentário