terça-feira, 18 de julho de 2017

Ruim com ele, melhor sem ele?

Clippers melhor sem Chris Paul?

   Para Doc Rivers a saída de CP3 para o Houston Rockets pode deixar a equipe melhor na distribuição da bola. O treinador disse em entrevista hoje pela manhã:
   "Bem, teremos movimentação de bola (agora que Chris se foi). Essa é uma das coisas que, na maioria das vezes, sempre preguei. Com a habilidade de Chris, você quer aproveitar o que ele pode fazer. Ele era um cara que precisava da bola para fazer jogadas, e ele fez isso tão bem que você muda para fazer isso. Se você olhar para o meu trabalho historicamente, tem sido muito mais movimentação de bola, corte, trabalho em equipe, e é isso que vamos voltar a fazer". - disse o treinador na conferência de imprensa sobre as movimentações da off-season.
   Mesmo com Paul em quarto lugar no número de assistências (9.2 por jogo), o Clippers foi o 15° em total de assistências (22.5), 13° em passes feitos (301) e recebidos (229.8), e 23° e 25°, respectivamente, em secundárias (4.8) e potenciais assistências (42.1). 
   CP3 foi o principal criador de jogadas dos Clippers, principalmente quando Blake Griffin se machucou faltando um bom pedaço de competição ainda. O ataque estava em suas mãos, sendo o 7° da liga em tempo de posse de bola (7.2 minutos), culminando nos Clippers como a 2° equipe que mais fez jogadas de isolação (929), o que não interferiu muito no ataque visto que foram o 4° melhor da liga com 110.3 pontos por 100 posses.
   Rivers têm uma ideia de como quer os CLippers, espalhando a quadra, não se estagnando e criando o maior número possível de espaços abertos. Lou Williams, Patrick Beverly, Austin Rivers e Milos Teodosic não têm o mesmo currículo que CP3, mas talvez um dos quatro prospere e torne-se o general da quadra que Rivers procura. Desses armadores, quem vejo com mais possibilidades de prosperar é Teodosic, um grande armador, com passe absurdo, inteligência e visão de jogo acima da média, deve ser o titular e quem mais espero ver nesse novo Clippers. 
   Mas não sei se o Clippers fica melhor sem CP3. Qual sua opinião, fica melhor ou pior?
Postar um comentário