terça-feira, 19 de setembro de 2017

Uma velha história, uma nova versão

D12 e seus relacionamentos

   De acordo com Patrick Britton do The Score, Dwight Howard trouxe uma nova versão dos fatos ocorridos em 2012 e sua influência na demissão de Stan Van Gundy do Orlando Magic. 
   Segundo o pivô do Charlotte Hornets, o seu papel na demissão do treinador não foi o que todos acreditam. D12 admitiu que contou ao front office que o treinador não estava engajado com alguns atletas, mas revelou que o Magic que aproximava-se dele para procurar um novo treinador.
   "No verão anterior, o front office me perguntou sobre Stan, e disse a eles que achava que ele estava perdendo a voz sobre a equipe. Mas foram eles que disseram que deveriam começar a procurar por um novo treinador". - disse Howard à Lee Jenkins do Sports Illustrated.
   A versão de Howard é diferente da que Van Gundy revelou a mídia em 2012, quando falou aos jornalistas que seu pivô titular estava pressionando a direção do Magic para que ele fosse demitido. Van Gundy foi mandado embora após a eliminação na primeira rodada dos Playoffs de 2012, mas Howard não durou muito mais e foi trocado para o Lakers no fim do ano. 
   Howard é um jogador excelente, um pivô dominante e atlético como poucos na história, mas esses pequenos "problemas" extra quadras lhe acompanham. Ele é conhecido por ser um atleta complicado nos bastidores, sua saída dos Rockets têm muita relação com isso e seu relacionamento com Harden. No Lakers teve problemas com Kobe, vamos ver agora jogando com os Hornets se vai durar mais tempo. 
Postar um comentário