terça-feira, 31 de outubro de 2017

Heróis do passado: Bob Lanier

Grande nome da história de St. Boaventure
   No texto de hoje vamos relembrar um dos grandes nomes da década de 70 e 80, que fez sucesso nas duas franquias em que atuou, tendo o seu número aposentado por Pistons e Bucks. Pra quem não conhece ou quer relembrar, hoje falamos de Bob Lanier, chega junto pessoal.
   Bob Lanier nasceu em Buffalo, Nova Iorque e começou a jogar basquete em Buffalo Bennett High School, onde se formou em 1966. Ele continuou a jogar basquete por St. Boaventure University e foi simplesmente dominante, conseguiu levar sua universidade para o Final Four, mas infelizmente não pode jogar as semifinais pois se machucou contra Villanova. Consequentemente sua equipe foi eliminada para Universidade de Jacksonville de Artis Gilmore, ainda assim, Lanier foi eleito o jogador do ano pela Coach e Atlete Magazine e jogador do ano da ECAC.
   Em seus quatro anos com St. Boaventure teve médias expressivas, no seu primeiro ano teve média de 30 pontos por partida, e manteve médias de 26.2 pontos e 15.6 rebotes, 27.3 pontos e 15.6 rebotes e 29.1 pontos e 16 rebotes no seu último ano. Teve uma média de 27.6 pontos e 15.7 rebotes, sem dúvidas uma carreira universitária brilhante.
Lenda nos Pistons
   Essa passagem excelente pela universidade lhe rendeu bons frutos, ele foi a primeira escolha do Draft de 1970 selecionado pelo Detroit Pistons e chegou metendo o pé na porta. Logo em seu primeiro ano teve médias de 15.6 pontos, 8.1 rebotes e 1.8 assistências por jogo, lhe rendendo uma vaga na equipe All-Rookie Primeiro Time. Ele foi o cara dos Pistons pelas próximas oito temporadas, mantendo médias de duplo-duplo em sua carreira com Detroit com 22.7 pontos e 11.8 rebotes, atuando em 681 partidas com a equipe.
   Infelizmente, por conta das lesões suas últimas quatro temporadas com os Pistons não lhe permitiram jogar mais do que 64 partidas. Na temporada 1979/80 foi trocado para o Milwaukee Bucks, onde conseguiu contribuir muito para a equipe, ajudando a franquia a ser o Campeão da Divisão em todas as suas cinco temporadas. Com os Bucks teve médias de 13.5 pontos e 5.9 rebotes, sendo uma peça chave para a equipe e aqui temos uma história legal. Segundo Abdull-Jabbar, Lanier costumava fumar no intervalo do jogo e Kareem aproveitava isso para forçar o companheiro a correr mais nos dois últimos períodos.
Ajudou muito o Bucks
   Lanier se aposentou em 1984 e recebeu o prêmio Oscar Robertson Leadership Award. Ele deixou as quadras com uma carreira excelente, tendo médias de 20.1 pontos, 10.1 rebotes e 51,5% de aproveitamento dos arremessos. Foi 8 x All-Star, 1 x MVP do All-Star Game, têm o número 16 aposentado por Bucks e Pistons. Com certeza uma brilhante carreira, atuou ainda um curto tempo como treinador dos Warriors em 1995, quando Don Nelson foi demitido, comandou a equipe por 37 partidas com um recorde 12-25.

   
Postar um comentário